Bar perde funcionários após promover show para ‘pegar o vírus’ da covid-19

O bar promoveu um concerto pedindo que clientes trouxessem uma prova de resultado positivo de covid-19 para ganhar desconto.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Fachada do Vessel Taphouse, bar em Lynnwood, Washington (Maps)

Funcionários de um bar em Washington, nos EUA, abandonaram seus empregos após seus ex-empregadores terem feito uma promoção “pegue o vírus” covid-19.

Publicidade

O dono do Vessel Taphouse, Steve Hartley, disse ao site Daily Herald que 4 funcionários abandonaram seu empregos e 3 bandas se recusaram a tocar no bar com tema pirata por causa da promoção.

O bar promoveu em 22 de janeiro um concerto pedindo que clientes trouxessem uma prova de resultado positivo de covid-19 para ganhar um desconto de US$4.

“Venha ver o show, talvez pegue o vírus, ou simplesmente fique em casa e lamente”, disse o Vessel Taphouse em uma postagem no Facebook que foi deletada.

“Os ingressos custam US$10, ou US$6 com prova de teste positivo para ômicron. Você teve o suficiente?”.

Hartley disse que a promoção foi “uma tentativa imprudente de humor” e que os funcionários responsáveis foram demitidos do bar, de acordo com o Daily Herald.

“Estamos recebendo comentários de que estávamos tentando infectar o público”, disse Hartley. “Claramente não temos essa intenção. As pessoas não vão vir beber se elas ficarem doentes, e sabemos disso”.

A altamente transmissível variante ômicron conta por quase todos os casos de coronavírus nos EUA.

De acordo com dados da Universidade Johns Hopkins, os EUA registraram mais de 885 mil mortes relacionadas à covid-19 desde o início da pandemia.

Fonte: The Hill

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Diretor de escola é preso por filmar por baixo da saia de uma mulher

Publicado em 3 de fevereiro de 2022, em Crime

Diretor de escola primária (shogakko) é preso por filmar com smartphone baixo da saia de uma mulher na loja de conveniência em Okayama.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!
.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância