Shizuoka tem recorde de trabalhadores estrangeiros e brasileiros continuam no topo

A taxa de crescimento da mão de obra brasileira foi baixa devido à pandemia, assim como dos estrangeiros em geral.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Imagem do mapa do Japão (Wikimedia) e bandeira do Brasil estilizada (MaxPixel)

O Departamento de Trabalho da Província de Shizuoka, sob o MHLW-Ministério da Saúde, Trabalho e Bem-Estar, divulgou na quinta-feira (10) os dados mais recentes sobre os trabalhadores estrangeiros, cujo fechamento foi em 30 de outubro de 2021.

Publicidade

Embora a taxa de crescimento tenha sido baixa, de apenas mil em relação ao ano anterior, o número é recorde, de 66.086 trabalhadores, sendo que 67% destes são oriundos de 3 países. E os brasileiros são top do ranking. Veja os números por país de origem.

  1. Brasil: 19.749 ou 30%, com taxa de aumento de 3%
  2. Filipinas: 12.928 ou 19%
  3. Vietnã: 11.750 ou 18%
  4. China: 6.589 ou 10%
  5. Peru: 2.962 ou 4%
  6. Indonésia: 2.749 ou 4%
  7. Nepal: 1.972 ou 3%

Empresas empregadoras

Desde que a notificação passou a ser obrigatória em 2007, o número de empresas que empregam mão de obra estrangeira também é recorde, mas com  baixa taxa de aumento (4%). Assim mesmo, são 8.940 dentre as 285.080 localidades em todo o país A província de Shizuoka está classificada em 8.º lugar depois de Tóquio, Aichi, Osaka, Kanagawa, Saitama, Chiba e Fukuoka.

Dessas 8,9 mil empresas, 1.305 são empreiteiras, as quais empregam 70% dos trabalhadores brasileiros, 58% dos peruanos e 53% dos filipinos.

Visto permanente

Do total dos 66,8 mil trabalhadores estrangeiros, 40% trabalham na indústria da transformação. Em relação ao porte das empregadoras, a grande maioria (63%) tem até 30 funcionários. As com 30 a 99 contratados representam 23%.

Em relação ao status de visto permanente, são 49% dos trabalhadores brasileiros, 40% dos colegas filipinos e 67% dos peruanos.

Fonte: MHLW

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Incêndio na fábrica de ‘senbei’ mata 4 trabalhadoras

Publicado em 12 de fevereiro de 2022, em Sociedade

Fatalidade na fábrica de produtos alimentícios à base de arroz. A polícia e os bombeiros estão procurando por mais 2 trabalhadores.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Bombeiros em atividade (ANN)

Por volta das 23h50 de sexta-feira (11) o Corpo de Bombeiros foi chamado para o combate ao incêndio na planta Arakawa da fábrica de senbei da Sanko Seika (三幸製菓), situada em Nakamasa, cidade de Murakami (Niigata).

Publicidade

Inicialmente foram enviadas 8 unidades para a atividade de extinção do fogo, onde foram encontradas 4 trabalhadoras, na faixa dos 60 a 70 anos, já com parada cardiorrespiratória. A morte delas foi confirmada no hospital. 

Um trabalhador aspirou fumaça e foi transportado para o hospital, consciente. 

Mas, a polícia e os bombeiros estão procurando por mais 2 funcionários, ambos na faixa dos 20 anos, com os quais não se consegue contato. 

Segundo informações da polícia, na hora do incêndio havia cerca de 30 trabalhadores e as linhas estavam paradas.

No total, 10 unidades fizeram o combate ao incêndio durante 9 horas. Conseguiram conter quase tudo por volta das 9h de sábado (12). 

A matriz da Sanko Seika fica na cidade de Niigata e possui 3 plantas na província. Fabrica senbei (tipo de biscoito japonês, doce ou salgado, de arroz) e okaki (salgadinho ou doce preparado com arroz em pipoca, assado ou frito). 

Tem uma ampla linha de famosos, como o Yuki no Yado (雪の宿), Cheese Almond, Parinko (ぱりんこ) e outros.

Cheese Almond e Yuki no Yado (HP)

Fontes: ANN, Mainichi e NHK

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância