Navio pesqueiro em chamas: um morto e 4 desaparecidos

Havia 2 japoneses e 6 indonésios a bordo do navio de pesca de atum que pegou fogo.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Navio japonês de pesca de atum em chamas (10.ª Regional da Guarda Costeira)

Por volta das 7h25 de segunda-feira (21), uma pessoa de um navio a cerca de 185km a sudeste da costa de Tanegashima (Kagoshima), viu o incêndio em uma outra embarcação e notificou uma agência dos EUA para avisar a Guarda Costeira do Japão.

Publicidade

De acordo com a 10.ª Sede Regional da Guarda Costeira, estavam a bordo desse navio de pesca de atum 8 pessoas, sendo 2 japoneses e 6 indonésios. Quatro deles foram resgatados, mas um morreu posteriormente. Ainda há 4 desaparecidos, por isso, a busca continua.  

De acordo com a informação, o incêndio ocorreu no navio pesqueiro Dai 51 Yujinmaru, de 19 toneladas e comprimento de cerca de 16 metros, de uma empresa de Susaki (Kochi). 

Três indonésios foram resgatados por um petroleiro que passava nas imediações e depois foram levados para o hospital, todos conscientes; enquanto um japonês foi encontrado à deriva pela patrulha da Guarda Costeira e foi ele que morreu.

Um dos indonésios resgatados explicou para a polícia que partiram da província de Wakayama no domingo (20), com destino a Indonésia. Na manhã de segunda-feira ouviu uma explosão na casa de máquinas e depois a fumaça tomou conta, então se jogou no mar.  

O navio incendiado afundou no mar, no fim da tarde de segunda-feira. 

Fontes: Yomiuri e ANN

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Polícia admite engano na prisão de um vietnamita

Publicado em 22 de março de 2022, em Sociedade

O estrangeiro foi levado pela polícia como suspeito de agressão, embora dissesse que não tinha feito nada disso.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Delegacia de Ikebukuro (Flickr)

O Departamento de Polícia Metropolitana informou na segunda-feira (21), que identificou erroneamente um vietnamita, na faixa dos 30 anos, como suspeito de agressão, e o prendeu. 

Publicidade

Mas, foi liberado após reconhecer o erro.   

Segundo as informações, por volta das 20h45 de domingo (20), um homem na casa dos 50 anos foi atacado por outro, na rua em Toshima-ku Nishi Ikebukuro, Tóquio, por ter chamado a atenção pelo barulho. Os policiais correram para atender a queixa e prenderam um vietnamita que estava nas proximidades com outros estrangeiros

Na delegacia o suspeito dizia “não fiz nada”, mas a prisão ocorreu depois de ter ouvido as testemunhas e a vítima

A polícia informou também que não havia conferido as imagens das câmeras de segurança, a fim de identificar o agressor. E cerca de 2 horas e meia depois, o homem agredido disse “não foi ele”. 

O vietnamita preso por engano foi solto e a polícia está à procura do suspeito que fugiu.

Fontes: Yomiuri e Asahi

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância