Duas japonesas presas pela venda de falsificados de marca global

Os dois casos são distintos, mas coincidentemente da mesma marca falsificada. Um deles foi denúncia da Chanel e outro foi descoberto através da ciberpatrulha.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Exército russo fortalece ofensiva no leste da Ucrânia usando míssil hipersônico

Publicado em 12 de abril de 2022, em Notícias do Mundo

O exército russo anunciou que usou míssil hipersônico no leste da Ucrânia. Além disso, usou arma química em Mariupol.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Imagem do míssil hipersônico divulgada pelo Ministério da Defesa da Rússia (JNN)

O Ministério da Defesa da Rússia anunciou, na segunda-feira (11), que destruiu o posto de comando militar ucraniano em Donetsk Oblast, leste da Ucrânia, com o míssil hipersônico lançado do ar, o Kh-47M2 Kinzhal. Esse míssil balístico é lançado do avião, com capacidade nuclear, uma das armas da próxima geração, revelada por Vladimir Putin, em 2018.

Publicidade

Esse míssil hipersônico é difícil de ser interceptado e é a terceira vez que o exército russo o usa para seus ataques na Ucrânia. Mas, no leste foi a primeira vez.

Os bombardeios russos em Donetsk Oblast mataram mais três pessoas e oito civis ficaram feridos.

Local destruído pelo míssil em Donetsk Oblast (Ministério da Defesa da Rússia, via JNN)

Além disso, duas pessoas feridas na região de Luhansk receberam atendimento médico em Bakhmut na segunda-feira.

Mariupol pode ter perdido mais de 20 mil vidas

Nestas circunstâncias, o prefeito de Mariupol, no sudeste, sitiado por tropas russas e sob forte ataque, disse em entrevista por telefone à Associated Press na segunda-feira que “mais de 10 mil civis morreram desde o início da guerra russa”.

“Os corpos estão espalhados por toda a cidade e o número de mortos pode ultrapassar 20 mil”, estimou.

Artilharia russa em Mariupol, com o símbolo Z (Ukrinform)

Andriy Biletsky, fundador do Regimento Azov, disse para o Ukrinform, na segunda-feira, que o exército russo usou armas químicas na planta de Azovstal, em Mariupol. “Três pessoas estão mostrando sinais claros de envenenamento com produtos químicos de guerra, mas sem efeitos catastróficos”, declarou.

Mais cedo, Eduard Basurin, um militante russo da cidade ocupada de Donetsk, anunciou que era necessário bloquear os defensores de Mariupol dentro da fábrica de Azovstal e usar armas químicas contra eles.

Fontes: JNN e Ukrinform

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância
Kumon - aprenda nihongo por correspondência