Japão: cai a necessidade de carteira para uso do kickboard elétrico

Mas tem uma condição: de que a velocidade máxima seja inferior a 20km/h. Veja os detalhes.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Imagem ilustrativa de um homem trafegando com kickboard elétrico (FNN)

Na terça-feira (19), a sessão plenária da Câmara dos Representantes do Japão aprovou a revisão da Lei de Tráfego Rodoviário que elimina a necessidade de carteira de habilitação para transitar com o kickboard elétrico, desde que a velocidade máxima seja inferior a 20km/h.   

Publicidade

De acordo com a Lei de Tráfego Rodoviário revisada, um kickboard elétrico com aproximadamente o mesmo tamanho de uma bicicleta e uma velocidade máxima inferior a 20 km  pode ser conduzido por pessoas com mais de 16 anos sem carteira de motorista. 

O kickboard elétrico com velocidade máxima limitada a 20km/h pode ser dirigido em ciclovia ou vias públicas.

O uso de capacete continua obrigatório. A lei revisada deverá entrar em vigor em 2 anos.

Por outro lado, os menores de 16 anos ou aqueles que infringirem a lei serão multados em até 6 meses de prisão ou até 100 mil ienes.

O termo kickboard elétrico é usado no Japão, se referindo ao que se chama de scooter elétrica nos Estados Unidos.

Fontes: FNN e IT Media

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

FMI corta previsão de crescimento global para 2022

Publicado em 20 de abril de 2022, em Notícias do Mundo

Para o Japão, o FMI prevê um crescimento de 2.4%, queda de 0.9 ponto ante a previsão anterior.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Ilustrativa (banco de imagens)

O Fundo Monetário Internacional (FMI) rebaixou a perspectiva de crescimento global para este ano devido à invasão da Ucrânia pela Rússia.

Publicidade

O FMI projetou em sua mais recente perspectiva na terça-feira (19) que a economia global crescerá 3.6% em 2022, representando queda de 0.8 ponto em relação à previsão anterior feita no mês de janeiro.

A invasão da Rússia aumentou os preços do combustível e de alimentos. O FMI espera que as sanções econômicas contra Moscou também diminuam o comércio entre países.

O FMI agora projeta que o PIB (Produto Interno Bruto) da Rússia diminua em 8.5%, queda de 11.3 pontos de sua estimativa anterior. Ele também prevê que a economia da Ucrânia contraia em 35%.

O fundo também rebaixou a previsão para da área do euro para 2.8%, dizendo que a Alemanha será duramente afetada, reduzindo sua projeção para 2.1%.

Para o Japão, o FMI prevê um crescimento de 2.4%, queda de 0.9 ponto ante a previsão anterior, devido aos preços do petróleo bruto em alta. Previsões de crescimento para os EUA e China também foram reduzidas.

Fonte: NHK

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância