Japão planeja vacinação com a quarta dose 5 meses após a terceira

Inicialmente, quartas doses serão oferecidas a pessoas sob risco de desenvolver sintomas graves, incluindo idosos.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Dados mostraram que a eficácia de uma 3ª dose poderia reduzir drasticamente após 6 meses (NHK)

O Ministério da Saúde do Japão está planejando oferecer uma quarta dose de vacina contra coronavírus 5 meses após a terceira injeção.

Publicidade

Fontes do ministério disseram à rede NHK que quartas doses serão inicialmente oferecidas a pessoas sob risco de desenvolver sintomas graves, incluindo idosos e aqueles com condições subjacentes.

Originalmente, o ministério havia dito que o intervalo entre a terceira e quarta doses seria de 6 meses, mas começou a considerar encurtar o espaço de tempo após dados de estudos de Israel, onde quartas doses já estão sendo administradas. Os dados mostraram que a eficácia de uma terceira dose poderia reduzir drasticamente após 6 meses.

As fontes disseram que alguns países estão oferecendo as quartas doses após um intervalo de 4 meses, mas o ministério acredita que um espaço de tempo de 5 meses é necessário para garantir a segurança.

O ministério discutirá seu plano em uma reunião com um painel especialista na próxima semana.

No mês passado, o painel disse que continuará a discutir se quartas doses são necessárias e quem deveria recebê-las, assim como o intervalo entre a terceira e quarta aplicações.

Fonte: NHK

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Infecção mais longa por covid-19 durou 16 meses

Publicado em 22 de abril de 2022, em Notícias do Mundo

A pessoa não identificada tinha outras condições médicas subjacentes e infelizmente morreu no hospital em 2021.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

A pessoa com a infecção por covid-19 mais longa, no Reino Unido, morreu em 2021 (ilustrativa/banco de imagens)

Médicos no Reino Unido acreditam que documentaram a infecção mais longa por covid-19, um paciente que eles trataram e que tinha níveis detectáveis do vírus por mais de 16 meses, ou 505 dias, no total.

Publicidade

A pessoa não identificada tinha outras condições médicas subjacentes e infelizmente morreu no hospital em 2021.

Infecções persistentes como essa ainda são raras, dizem os médicos em Londres.

A maioria das pessoas elimina o vírus naturalmente, mas a pessoa em questão tinha um sistema imune severamente enfraquecido.

Infecções crônicas como essa precisam ser estudadas para melhorar nosso entendimento sobre a covid-19 e os riscos que elas podem representar, dizem especialistas.

A pessoa pegou covid-19 pela primeira vez no início de 2020. Ela tinha sintomas e a infecção foi confirmada com um teste PCR (reação em cadeia da polimerase).

Ela frequentou o hospital várias vezes nas 72 semanas seguintes, tanto para verificações de rotina como cuidados.

Em cada ocasião, cerca de 50 no total, a pessoa testou positivo, o que significa que ela ainda tinha covid-19.

Os médicos, do King’s College London e do St Thomas’ NHS Foundation Trust, dizem que análise de laboratório detalhada revelou que era a mesma infecção, persistente.

A pessoa não conseguiu intimidar a infecção, mesmo após a administração de antivirais.

Isso é diferente da “covid longa”, onde o vírus é eliminado do corpo, mas os sintomas persistem.

As descobertas serão apresentadas em uma conferência médica, o Congresso Europeu de Microbiologia Clínica e Doenças Infecciosas.

Infecções prolongadas são raras, mas importantes, dizem pesquisadores, visto que elas podem dar origem a novas variantes da covid-19, embora isso não tenha acontecido nesse caso.

Fonte: BBC

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância
Kumon - aprenda nihongo por correspondência