Munição não detonada é encontrada em área residencial da província de Shizuoka

A bomba foi fabricada nos EUA e não oferecia mais risco. Foi retirada pela Força Terrestre de Autodefesa.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Bomba não detonada no subsolo da área residencial (SUT TV)

De acordo com a informação de quarta-feira (13), da prefeitura de Iwata (Shizuoka), um funcionário de uma empresa de gás que realizava o trabalho de encanamento encontrou uma munição não detonada, em área residencial de Kodateno, e chamou a polícia. 

Publicidade

Segundo informações da JGSDF-Força Terrestre de Autodefesa do Japão, a munição não detonada é uma de 500 libras – cerca de 227kg – fabricada nos EUA, com 1,18 metro de comprimento e 36 centímetros de diâmetro.  

Embora estivesse armada, não havia risco de explosão, por isso, foi realizado o trabalho de remoção sem a necessidade de evacuação dos residentes da área. 

Uma pessoa da vizinhança reclamou que “gostaria de ter sido avisado antes, pois soube dessa bomba quando assisti ao noticiário”.

A Força Terrestre de Autodefesa tomou as medidas de proteção para retirada da munição na quarta-feira, para ser levado para um local seguro designado pela prefeitura.

Trabalho de retirada da munição não detonada (SUT TV)

Fontes: FNN e SUT TV

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Finlândia tomará decisão sobre entrada na Otan em semanas, não em meses

Publicado em 14 de abril de 2022, em Notícias do Mundo

‘Temos que estar preparados para todos os tipos de ações da Rússia’, disse a primeira-ministra finlandesa Sanna Marin.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Na imagem, a primeira-ministra da Finlândia, Sanna Marin (Flickr/Finnish Government)

A Finlândia tomará uma decisão sobre a entrada na Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte) liderada pelos EUA, nas próximas semanas, disse a primeira-ministra Sanna Marin na quarta-feira (13), evidenciando uma mudança nas perspectivas de segurança desde a invasão da Ucrânia pela Rússia.

Publicidade

Mesmo sendo parceiros próximos da Otan, a Finlândia e a Suécia evitaram se juntar à aliança de 30 membros, fundada em 1949 para conter a União Soviética durante a Guerra Fria.

“Temos que estar preparados para todos os tipos de ações da Rússia”, disse Marin aos repórteres em uma coletiva de imprensa em Estocolmo junto com a Suécia.

“Não darei um cronograma quando tomarmos nossas decisões, mas acredito que acontecerá bem rápido, dentro de semanas e não meses”, disse Marin, cujo país compartilha uma fronteira de 1,3 mil quilômetros com a Rússia no leste.

Ela disse que era importante chegar a um consenso na Finlândia, que lutou contra invasores soviéticos durante a 2ª Guerra Mundial e tem sido não alinhada militarmente desde então, e que partidos políticos teriam que realizar conversas internas e no Parlamento nas próximas semanas.

A opinião pública na Finlândia mudou muito sobre a Otan, com a mais recente pesquisa realizada pela emissora privada MTV mostrando que 68% dos entrevistados eram a favor da adesão, com apenas 12% contra.

Fonte: Channel News Asia

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância
Kumon - aprenda nihongo por correspondência