Apple encerrará produção do iPod após 21 anos

O iPod estará à venda até durarem os estoques, segundo a Apple.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Um iPod em exibição em loja da Apple na Alemanha (banco de imagens)

A Apple anunciou que está suspendendo a produção de seu music player, o iPod Touch, encerrando a história de um dispositivo amplamente elogiado por revolucionar como as pessoas ouvem música.

Publicidade

Quando o primeiro iPod foi lançado em 2001, ele podia armazenar mil faixas. Hoje, há mais de 90 milhões de músicas no serviço de streaming da Apple.

O iPod Touch foi desenvolvido pela mesma equipe que depois inventou o iPhone, que rapidamente ofuscou o iPod.

A última atualização do iPod foi feita pela Apple em 2019.

Houve vários modelos de iPod ao longo dos anos, incluindo o Nano e o Shuffle, mas o Touch, lançado em 2007, é o último modelo a ser suspenso.

Segundo a Apple, o iPod estará à venda até “durarem os estoques”.

Fonte: BBC

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Putin se prepara para longa guerra além de Donbas, diz chefe da inteligência dos EUA

Publicado em 11 de maio de 2022, em Sociedade

A inteligência dos EUA também vê que é cada vez mais provável que Putin mobilize seu país inteiro

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Mapa com ilustração da invasão geral à Ucrânia pela Rússia (bamco de imagens)

O presidente russo Vladimir Putin não encerrará a guerra na Ucrânia com a campanha de Donbas e está determinado a construir uma longa ponte até o território na Moldávia controlado pela Rússia, disse a diretora da Inteligência Nacional dos EUA, Avril Haines, na terça-feira (10).

Publicidade

A inteligência dos EUA também vê que é cada vez mais provável que Putin mobilize seu país inteiro, incluindo ordenar a lei marcial e está contando com sua perseverança em desgastar o suporte ocidental para a Ucrânia.

“Avaliamos que o presidente Putin está se preparando para conflito prolongado na Ucrânia durante o qual ele ainda tem a intenção de alcançar metas além de Donbas”, disse Haines.

A inteligência dos EUA acredita que a decisão de Putin em concentrar as forças russas na região de Donbas no leste é “apenas uma mudança temporária” após falhar em capturar Kiev no norte.

As forças russas ainda têm a intenção de ganhar território na costa do Mar Negro, em parte para garantir fontes de água para a Crimeia, a qual Moscou anexou em 2014, disse Haines ao Comitê de Serviços Armados do Senado.

“Vemos indicativos de que as forças russas querem estender a ponte para Transnístria”, disse Haines, referindo-se à região separatista da Moldávia apoiada por Moscou ao longo da fronteira sudoeste da Ucrânia.

Entretanto, ela disse que a atual força russa não é grande ou forte o suficiente para capturar e manter todo o território sem uma mobilização mais geral de tropas e recursos da sociedade russa.

O líder russo “enfrenta uma incompatibilidade entre suas ambições e as atuais capacidades militares convencionais da Rússia”, disse ela.

“A atual tendência aumenta a probabilidade de que o presidente Putin se voltará para meios mais drásticos, incluindo impor leis marciais, reorientação da produção industrial, ou opções militares potencialmente escalatórias para liberar recursos necessários a fim de alcançar seus objetivos”, disse Haines ao painel.

Fonte: Channel News Asia

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância