Familiares da mulher de Sri Lanka que morreu na Imigração processa o Japão

A alegação da ação contra o país é que se a Imigração tivesse feito os procedimentos de cuidados médicos, a srilanquesa não teria morrido.

Mulher de Sri Lanka, vítima da falta de cuidados quando estava sob custódia da Imigração de Nagoia (JNN)

Familiares enlutados da srilanquesa Ratnayake Liyanage Wishma Sandamali, a qual morreu aos 33 anos, enquanto estava detida na instalação da Imigração de Nagoia (Aichi), entraram com uma ação judicial contra o Japão.

Publicidade

O óbito foi em 6 de março do ano passado, depois dos pedidos de internação e de aplicação do soro, os quais não foram efetuados. A família dela alega que “se os cuidados tivessem sido tomados a vida dela teria sido salva” e requer 156 milhões de ienes de indenização.

Fontes da JNN informaram que o Japão pretende lutar até o fim nesse caso no tribunal.

A irmã da vítima, Yawomi, chegou ao país no sábado (28) para acompanhar o julgamento. Informou que vai exigir a apresentação completa do vídeo da câmera de segurança, pois só foi mostrada uma parte.

A primeira audiência será realizada em 8 de junho no Tribunal Distrital de Nagoia.

Wishma veio ao Japão em 2017 como estudante e, depois, pediu proteção policial em 2020 como vítima de violência doméstica na província de Shizuoka, quando foi descoberta sua situação de overstay. Nessa ocasião, foi encaminhada para a Imigração de Nagoia.

Fontes: JNN e Mainichi

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Obrigatoriedade do microchip nos pets inicia em junho com alguns problemas

Publicado em 30 de maio de 2022, em Sociedade

A partir de 1.º de junho cães e gatos de estimação deverão ter microchip. Veja quem tem obrigatoriedade e quem tem a obrigação de fazer um esforço.

Mulher com seu pet (Pixnio)

A aplicação da revisão da Lei de Bem-Estar e Gestão dos Animais de Estimação começa em 1.º de junho deste ano, a qual estabelece a obrigatoriedade de colocar microchip nos pets

Publicidade

Foi uma das formas que o Ministério do Meio Ambiente do Japão (ENV) encontrou para evitar o abandono irresponsável dos bichanos e cães. A partir dessa data, criadores, atacadistas e pet shops são obrigados a adotar esse novo sistema de controle.

O chip tem formato cilíndrico, com cerca de 1mm de diâmetro e 8mm de comprimento e deve ser implantado por um veterinário, sob a pele das costas, com uma seringa especial. O custo é de até 10 mil ienes e sem cobertura do seguro, para os donos do pet.

Através desse microchip se registra um número de 15 dígitos, que pode ser lido pelo governo da província com uma máquina dedicada e cotejado com as informações cadastradas no banco de dados.

As informações de registro incluem o nome do proprietário, endereço, número de telefone, endereço de e-mail, raça do cão ou do gato, cor do pelo, data de nascimento, sexo e outras informações essenciais.

Dificuldades

É mais difícil implantá-los em cachorros e gatos bebês do que em adultos, porém, não se pode eliminar os casos de danos nos nervos. Se isso ocorrer, ainda não se sabe o que fazer. É um dos problemas da revisão da lei.

Microchip com 8mm de comprimento (NHK)

Outro desafio é a questão do endereço de e-mail, já que muitos idosos não sabem o que é e nem como lidar com isso, embora tenham smartphones.

A população de cães e gatos de estimação nos lares japoneses é estimada em 16 milhões.

Donos têm a obrigação de se esforçar

A lei prevê obrigatoriedade para os locais comerciais, onde se estima uma população de 410 mil pets

No caso dos particulares, a lei diz que “é obrigatório fazer um esforço para o cumprimento”, portanto, tem uma lacuna. Porém, muitos donos de pets querem implantá-lo para poder localizá-los quando se perderem. 

Ou seja, quem pretende comprar um pet a partir de junho, ele já virá com um chip, cujas informações deverão registradas em até 30 dias. Quem já tem pets deve considerar se implantará ou não.

Fontes: ANN e NHK

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
Life Card - cartão exclusivo para brasileiros