Toyota decide expulsar a Hino da CJPT pela quebra de confiança diante do escândalo da fraude

A CJPT é composta por 5 montadoras, com objetos práticos em relação à construção de uma sociedade sem carbono. Leia o que disse o presidente da Toyota.

Caminhãozinho Dutro Z EV da Hino (HP)

A Toyota Motor anunciou na quarta-feira (24) de agosto que a Hino Motors será expulsa da Commercial Japan Partnership Technologies (CJPT), uma parceria entre várias montadoras, por causa das fraudes de inspeção reveladas uma após a outra pela fabricante.

Publicidade

A Toyota apontou que as sequências de inspeção fraudulenta da Hino “não combinam com os sentimentos e objetivos compartilhados da CJPT“. A discussão prosseguiu com uma proposta do presidente Akio Toyoda, e ele decidiu expulsá-lo, dizendo: “A continuidade das atividades, incluindo a Hino, não ganhará a compreensão dos clientes e da sociedade”.

“A fraude do teste de certificação que a Hino causou desta vez prejudicou muito a confiança de todas as partes interessadas, incluindo nossos clientes, e nós, como empresa controladora da Hino e como acionista, estamos extremamente desapontados. uma situação em que não se pode reconhecê-la como uma companheira de 5,5 milhões de pessoas”, disse Toyoda.

A Hino detém uma participação de 10% na CJPT, valor que será adquirido pela Toyota.  

O que é CJPT e sua importância

A Toyota e a Hino estabeleceram a CJPT em abril de 202, incluindo a Isuzu Motors, e estão trabalhando para a realização de uma sociedade zero em emissão de carbono (CN, acrônimo de carbon neutrality). A Suzuki e a Daihatsu Motor também começaram a participar em julho de 2021. 

Por meio da CJPT, as cinco empresas estão realizando experimentos de demonstração para o uso de combustível de hidrogênio na província de Fukushima e na cidade de Fukuoka, pesquisas conjuntas sobre motores a hidrogênio e o desenvolvimento de veículos elétricos kei para uso comercial (BEV). Já estão estudando a padronização e aplicação prática de baterias tipo cartucho com a Yamato Transport.

Fontes: divulgação e IT Media

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Coreia do Norte tem 4 novos ‘casos de febre’ apesar de declarar vitória contra a covid-19

Publicado em 25 de agosto de 2022, em Sociedade

Autoridades da saúde norte-coreanas estão impondo lockdowns em áreas onde os casos surgiram e conduzindo testes PCR em pessoas com febre.

Os casos foram descobertos na terça-feira (23) na província de Ryanggang, no nordeste do país (banco de imagens)

A mídia norte-coreana disse que 4 novos “casos de febre” foram confirmados no país, apesar de sua declaração de vitória no início deste mês sobre o coronavírus.

Publicidade

O Rodong Sinmun, jornal do partido dominante, divulgou nesta quinta-feira (25) que os casos foram descobertos na terça-feira (23) na província de Ryanggang, no nordeste do país. Eles são suspeitos de serem o que o país se refere como “doença infecciosa maligna”.

Segundo o jornal, autoridades da saúde estão impondo lockdowns em áreas onde os casos surgiram e conduzindo testes PCR em pessoas com febre.

No início deste mês, o líder norte-coreano Kim Jong-un fez um discurso declarando que o país triunfou em sua luta para conter o coronavírus. A nação havia reportado seu primeiro caso do vírus em maio.

Observadores da Coreia do Norte dizem que a liderança em Pyongyang revelou prontamente a notícia a fim de aumentar a união interna para que ela possa conter a propagação de infecções, antes do Dia da Fundação Nacional do Norte em 9 de setembro.

Fonte: NHK

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
Life Card - cartão exclusivo para brasileiros