Brasileiro é preso em Shizuoka por apropriação indébita

A polícia o parou para fazer perguntas de rotina quando viu que ele tinha algo que não era seu e foi preso.

Imagem ilustrativa de viatura da polícia (Wikimedia)

A Delegacia de Polícia de Shimizu, cidade de Shizuoka, informou que prendeu um brasileiro na quarta-feira (16), suspeito de apropriação indébita.

Publicidade

Esse brasileiro tem 27 anos, sem endereço fixo e dito trabalhador em demolição, foi abordado para perguntas de rotina da polícia, a qual percebeu que ele tinha uma carteira

Ao abri-la encontrou um documento de identificação de uma mulher, na faixa dos 20 anos, a qual é residente em outra província. 

O brasileiro disse que encontrou a carteira, no valor de cerca de 2 mil ienes, provavelmente roubada por outra pessoa e largada em um estacionamento em Suruga, cidade de Shizuoka (província homônima).

Mas, com a suspeita de ter se apossado da carteira alheia, foi preso.  

Quando uma pessoa encontra algo ou dinheiro na rua deve levar para o koban – posto policial – mais próximo e jamais se apossar de algo de terceiros.

Fonte: Shizuoka Shimbun

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Coreia do Norte dispara míssil na quinta-feira

Publicado em 17 de novembro de 2022, em Ásia

Segundo os militares sul-coreanos, o míssil balístico não especificado foi lançado em direção ao Mar do Leste. A Coreia do Norte alerta os EUA.

Imagem de arquivo, de abril deste ano, da ANN

A Coreia do Norte disparou um míssil balístico não especificado em direção ao Mar do Leste (Mar do Japão) na quinta-feira (17), sua primeira provocação de míssil em uma semana, de acordo com os militares sul-coreanos.

Publicidade

Segundo o Estado Maior Conjunto da Coreia do Sul (JCS), através do anúncio feito às 10h50, a ocorrência está sendo verificada detalhadamente junto com os militares norte-americanos.

O Ministério da Defesa do Japão também está verificando os detalhes desse projétil. 

O último lançamento de míssil balístico de curto alcance foi em 9 deste mês. 

Na manhã do mesmo dia, a ministra das Relações Exteriores da Coreia do Norte, Choe Sun-hui, anunciou sua primeira declaração desde que assumiu o cargo, alertando que “os Estados Unidos perceberão que fizeram uma aposta da qual se arrependerão”.

O lançamento foi feito quando Pyongyang alertou que tomará ações militares “mais ferozes” se os Estados Unidos mantiverem sua campanha para fortalecer a dissuasão estendida a seus aliados.

Fontes: Yonhap News, NHK e ANN

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
Life Card - cartão exclusivo para brasileiros