Yamanashi usa mensagens em papel higiênico para prevenir suicídios

Autoridades em Yamanashi acreditam que imprimir mensagens tranquilizadoras e linhas diretas de prevenção de suicídio no papel higiênico podem ser uma maneira eficaz e discreta de ajudar jovens aflitos.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

A campanha envolve 6 mil rolos impressos com mensagens e números de telefone (NHK)

Autoridades na área central do Japão estão tentando usar uma nova abordagem incomum para combater o problema de longa data do país: imprimir mensagens de suporte em papel higiênico.

Publicidade

O suicídio é um problema antigo no Japão, e como muitos outros lugares, o país viu um aumento no número de pessoas que tirou a própria vida durante tempos da pandemia de coronavírus.

O número de estudantes do primário, ginásio e colegial que cometeu suicídio atingiu um novo recorde de 499 em 2020, de acordo com o Ministério da Saúde.

Autoridades na província de Yamanashi acreditam que imprimir mensagens tranquilizadoras e linhas diretas de prevenção de suicídio no papel higiênico podem ser uma maneira eficaz e discreta de ajudar jovens aflitos.

“Você está no toilet. Sentimos que é em momentos como esse quando você pode estar mais propenso a pensamentos de angústia”, disse o representante de Yamanashi, Kenichi Miyazawa, à agência de notícias AFP.

A campanha envolve 6 mil rolos impressos com mensagens e números de telefone, os quais foram distribuídos a 12 universidades regionais no mês passado.

Intercaladas entre ilustrações como um gato encaracolado e uma mulher segurando um guarda-chuva olhando para o céu, estão mensagens produzidas por um profissional de saúde mental que são destinadas a aliviar a solidão.

Fonte: Japan Today

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Ovos mais caros por 2 fatores

Publicado em 22 de novembro de 2022, em Economia

Os ovos são alimentos de uso diário para inúmeras receitas diferentes mas os preços não param de subir.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Imagem ilustrativa de ovos (Wikimedia)

O alimento mais popular vem sofrendo aumento de preços consecutivamente, chegando ao nível mais elevado pela primeira vez em 9 anos.

Publicidade

Um pacote de ovos grandes pode ser visto nos supermercados por ¥220 e se for de tamanho M, de casca com a cor avermelhada, chega a ¥230. Em menos de um mês teve aumento de 10 ienes.

Esses aumentos afetam os restaurantes que servem pratos à base desse alimento e piora a situação das confeitarias que produzem bolos para as festas de Natal e Ano Novo.

Segundo a JA dos ovos, o preço de mercado em Tóquio na segunda-feira (21) é de 265 ienes por quilo de tamanho M. É a primeira vez em 9 anos que chega a esse preço.

Dois motivos fazem subir os preços dos ovos 

Hiromichi Akiba, presidente dos supermercados Akidai explica os motivos: “Grande parte da ração é importada e o custo dela quase dobrou. A gripe aviária também é prevalente. Devido a esses dois fatores os preços estão disparando”.

Shigeru Shimizu, dono da granja que leva seu nome, a qual tem produção diária de 13 mil ovos, explicou que mais da metade dos grãos colocados no misturador para produzir a ração para alimentar as galinhas é milho importado dos Estados Unidos. Comparando com o preço de 2 anos atrás dobrou, pois se pagava 35 mil ienes por tonelada. Agora custa 70 mil ienes.

No ano passado, o custo da ração era de cerca de 3,5 milhões de ienes por mês, mas este ano aumentou para 5 milhões de ienes, e um dos motivos é a situação na Ucrânia.

Em dezembro os preços dos ovos deverão subir ainda mais

Ovo frito (RawPixel)

Por causa dessa situação há donos de granjas que estão desistindo da atividade por correrem o risco de falência e até de perderem suas casas para o banco. Ou seja, terão menos dívida se desistirem logo. 

Segundo o Ministério da Agricultura, Florestas e Pescas do Japão (MAFF), desde o final de outubro já foram constatados 13 casos de gripe aviária, o que levou ao abate de 2,71 milhões de aves.   

De acordo com um grande distribuidor de ovos, para todo o país, os preços deverão continuar subindo em dezembro, quando há aumento da demanda.

Fonte: ANN

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
UniFCV Japão - Educação a distância
Uninter - JAPÃO - Educação a distância