Brasileiro é preso por fugir do acidente deixando vítima ferida

O trabalhador brasileiro residente na província de Shizuoka fugiu do acidente causado em agosto deste ano e foi preso em dezembro.

Imagem ilustrativa de viaturas da polícia no pátio (Wikimedia)

Na terça-feira (6) a polícia informou sobre a prisão de um brasileiro, 20 anos, trabalhador haken residente na cidade de Iwata (Shizuoka), por infringir a Lei de Trânsito e fugir do local do acidente sem prestar socorro à vítima.

Publicidade

O brasileiro cujo nome não foi divulgado foi preso na segunda-feira (5) por causa de um acidente ocorrido por volta das 3h de 11 de agosto deste ano, quando colidiu com uma motoneta ao ultrapassar o sinal vermelho em um cruzamento da mesma cidade. 

A mulher que dirigia a motoneta, de 71 anos, entregadora de jornais, ficou ferida, considerada grave, com fratura no pulso direito. O motorista brasileiro não relatou o acidente à polícia e fugiu. 

O brasileiro se entregou à polícia, por isso foi possível prendê-lo, depois de verificar que estava com uma outra pessoa como passageiro do carro e realizar exame de DNA para confirmação da identificação.

Ele nunca obteve a carteira de motorista, por isso, tem o agravante da violação da lei.

Fonte: Shizuoka Shimbun

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

BYD da China começará a vender seu primeiro veículo elétrico no Japão

Publicado em 6 de dezembro de 2022, em Sociedade

O Atto 3 já está disponível em mercados incluindo China e Austrália. Desde o fim de outubro, cerca de 140 mil unidades no mundo haviam sido vendidas.

Frente do Atto 3 (Wikimedia Commons/Tokumeigakarinoaoshima)

A filial japonesa da gigante dos veículos elétricos chinesa BYD disse na segunda-feira (5) que colocará no mercado japonês seu primeiro carro de passageiros no fim de janeiro de 2023.

Publicidade

O veículo esportivo utilitário Atto 3 será vendido por ¥4,4 milhões (US$32,6 mil) a partir de 31 de janeiro de 2023, disse a BYD Japan, com as entregas dos modelos podendo começar em torno de março.

A empresa diz que lançará progressivamente bases de vendas para os carros em todo o país também no fim de janeiro.

O Atto 3 já está disponível em mercados incluindo China e Austrália. Desde o fim de outubro, cerca de 140 mil unidades no mundo haviam sido vendidas desde o primeiro modelo ter sido comercializado na China em fevereiro.

O carro pode viajar até 485Km com uma única carga, de acordo com a BYD Japan, a qual disse que o baixo centro de gravidade do veículo permitiu a eles criarem um carro com mais espaço interior.

“Mesmo quando comparado a outros veículos elétricos de classe similar, esse é um produto muito competitivo”, disse um alto funcionário na filial japonesa na revelação de segunda-feira.

De acordo com a empresas de pesquisa de mercado da indústria de automóveis Marklines Co., a BYD fica atrás apenas para a fabricante de veículos americana Tesla quando se fala em unidades totais de carros elétricos vendidos, com cerca de 660 mil unidades comercializadas em principais mercados.

A BYD conquistou um ponto de apoio no Japão através de ônibus elétricos, os quais foram fornecidos pela primeira vez ao país em 2015. A empresa ocupa mais de 70% da demanda doméstica desde outubro.

Fonte: Mainichi

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
Life Card - cartão exclusivo para brasileiros