Kishida reforça apoio à Ucrânia

Por causa do ataque russo, parte da população da Ucrânia está passando um inverno difícil, sem eletricidade. O Japão reforça o apoio.

No centro o embaixador da Ucrânia, ladeado pelo primeiro-ministro do Japão e demais ministros (Kantei)

O primeiro-ministro do Japão, Fumio Kishida, se reuniu com o embaixador da Ucrânia, Sergiy Korsunsky, na quarta-feira (14), para expressar sua intenção de colaborar ainda mais com o país. 

Publicidade

No momento, a população enfrenta um rigoroso inverno, pois as instalações de geração de energia não podem operar suficientemente devido aos danos causados pela invasão militar da Rússia.  

Também foram convidados os parlamentares e ministros que apoiam a causa.

Foi entregue ao embaixador da Ucrânia um documento com o inventário da doação que consiste em 4 geradores movidos a diesel.

Os geradores devem ser enviados para a Ucrânia na quinta-feira (15).

“Todo o Japão se empenha para a assistência à Ucrânia” disse Kishida, transmitindo a intenção do governo de promover mais apoio.  

Fontes: Gov. e NHK

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Dezenas de países prometem 1 bilhão de euros em ajuda adicional para a Ucrânia

Publicado em 14 de dezembro de 2022, em Crime

Vários países prometeram mais de 1 bilhão de euros em auxílio adicional para a Ucrânia a fim de ajudar as pessoas a sobreviverem ao clima de inverno congelante.

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
Life Card - cartão exclusivo para brasileiros