Panasonic: construção de terceira fábrica de baterias nos EUA

Panasonic considera terceira fábrica de baterias para veículos elétricos nos EUA.

A maioria das baterias automotivas da Panasonic é fornecida para a Tesla (banco de imagens)

A Panasonic Holdings está considerando a construção de uma nova planta de baterias automotivas no estado de Oklahoma, nos EUA, soube o site Asia Nikkei, em sua reportagem veiculada no domingo (16).

Publicidade

A fabricante de eletrônicos japonesa firmou um contrato com o estado que estipula os termos de um subsídio que ela receberia se ela avançar com a construção da planta.

A companhia visa capturar a demanda crescente por baterias usadas em veículos elétricos (VEs). Se realizada, essa seria a terceira planta da Panasonic nos EUA para baterias de veículos elétricos, após Nevada, onde uma instalação está atualmente em operação, e Kansas, onde uma fábrica está sob construção.

O valor do provável investimento em Oklahoma ainda será determinado, contudo, o governador do estado, Kevin Stitt, ao falar com a mídia local após assinar o contrato, disse que o negócio resultaria em um fundo de US$5 bilhões e criaria 3,5 mil empregos.

A maioria das baterias automotivas da Panasonic é fornecida para a Tesla. Garantir novos clientes tornou-se uma questão para a companhia sediada em Osaka, e acredita-se que ela esteja negociando com outras montadoras.

Quando o site Asia Nikkei entrou em contato e perguntou sobre os planos de Oklahoma, a Panasonic enfatizou que “ainda não havia decidido fazer um investimento de larga escala na região”.

Enquanto isso, uma fonte da companhia disse, “Há uma forte opção de aumentar de forma significativa a capacidade ou na planta de Nevada ou na de Kansas”, referindo-se à estratégia de investimento da Panasonic Energy, uma subsidiária da Panasonic Holdings engajada no negócio de baterias automotivas.

Fonte: Asia Nikkei

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Banco do Japão revela cédulas que serão emitidas a partir de 2024

Publicado em 17 de abril de 2023, em Sociedade

Essa é a 1ª vez desde de 2004 que o Japão redesenvolveu suas cédulas bancárias.

A face da nova nota de ¥10 mil ostenta uma imagem do industrial Shibusawa Eiichi (1840-1931), o “pai” do capitalismo no Japão (NHK)

O Banco do Japão revelou para a mídia em 14 de abril amostras das novas cédulas de alta segurança que começarão a ser emitidas em torno do primeiro semestre do ano fiscal de 2024.

Publicidade

As novas cédulas foram exibidas no Museu da Moeda no distrito de Chuo de Tóquio e também estarão em exposição no Museu Otaru do Banco do Japão na província de Hokkaido a partir de 28 de abril.

Essa é a 1ª vez desde de 2004 que o Japão redesenvolveu suas cédulas bancárias.

A face da nova nota de ¥10 mil ostenta uma imagem do industrial Shibusawa Eiichi (1840-1931), o “pai” do capitalismo no Japão. A nota de ¥5 mil destaca a educadora pioneira Umeko Tsuda (1864-1929) enquanto que a de mil ienes tem Kitasato Shibasaburo (1853-1931) que ajudou a implementar a medicina moderna no Japão.

O verso da nota de ¥10 mil representa o prédio da estação Marunouchi de Tóquio, a de ¥5 mil as glicínias japonesas e a de mil ienes a obra de arte “Sob a Onda ao Largo da Costa de Kanagawa” das “Trinta Vistas do Monte Fuji” pelo artista de ukiyo-e Katsushika Hokusai (1760-1849).

As notas incorporam a mais nova tecnologia antifalsificação, incluindo hologramas em 3D cuja aparência muda dependendo do ângulo de onde são vistos, microimpressão, tinta luminescente e marcas d’água de alta definição.

Elas também implementam designs universais como marcas táteis para facilitar a distinção entre cada uma das notas.

Fonte: Mainichi

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - junto a comunidade no Japão
Kumon - aprenda japonês e tenha mais oportunidades!