Duas crianças de 10 anos foram encontradas trabalhando no McDonald’s até a madrugada

Investigadores descobriram que as crianças de 10 anos recebiam muito pouco ou nada. Franquias do McDonald’s foram multadas em US$212 mil no total.

Duas crianças de 10 anos estavam trabalhando até por volta das 2h em restaurante do McDonald’s nos EUA (banco de imagens)

Duas crianças de 10 anos estão entre as 300 que estavam trabalhando em restaurantes da rede McDonald’s ilegalmente, descobriu uma investigação de franquias do Departamento do Trabalho em Louisville, em Kentucky, nos EUA.

Publicidade

Investigadores da agência descobriram que as crianças de 10 anos recebiam muito pouco ou nada, disse o Departamento do Trabalho. As franquias foram multadas em US$212 mil no total.

A Bauer Food LLC de Louisville, que opera 10 unidades da McDonald’s, empregava 24 menores com idade inferior a 16 anos para trabalhar mais horas do que o legalmente permitido, disse a agência.

Dentre esses, estavam duas crianças de 10 anos. A agência disse que algumas vezes as crianças trabalhavam até as 2h, mas não recebiam pagamento.

“Abaixo da idade mínima para emprego, eles preparavam e distribuíam pedidos, limpavam a loja, trabalhavam no drive-thru e operavam o caixa”, disse o Departamento do Trabalho na terça-feira (2), acrescentando que uma das crianças também teve permissão para operar um fritadeira, que é uma tarefa proibida para trabalhadores abaixo de 16 anos”.

A Sean Bauer, operadora de uma franquia, disse que as duas crianças de 10 anos citadas na declaração do Departamento do Trabalho estavam visitando seu pai, um gerente no turno noturno, e não eram empregadas.

Regulamentos de trabalho infantil federais colocam limites rigorosos sobre os tipos de trabalho que as crianças podem realizar e as horas que podem trabalhar.

As investigações do Kentucky são parte de um esforço em curso por parte da Divisão de Horas e Salários do Departamento do Trabalho para impedir abusos de trabalho infantil no sudeste.

Fonte: Japan Today

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Urso negro causa confusão em ruas e estaleiro de Iwate

Publicado em 4 de maio de 2023, em Sociedade

Urso que aparece em cidade de Iwate entra dentro de estaleiro e autoridades ainda não conseguem capturá-lo.

O urso andou tranquilamente pelas ruas (ANN)

Em 2 de janeiro, uma série de avistamentos de urso ocorreu na cidade de Otsuchi (Iwate). Por volta das 9h, diversas pessoas viram o urso caído dentro do mar e tentando voltar para a terra. Em seguida, o urso correu para a praia e fugiu para um estaleiro. Funcionários da prefeitura, caçadores e cidadãos tentaram capturá-lo, mas não conseguiram.

Publicidade

Imagens registradas por um morador mostram o urso, que tem mais de um metro de tamanho, caindo no mar, nadando e tentando chegar à costa. O urso conseguiu sair do mar e começou a andar pela cidade. Diversos moradores locais se reuniram para ver essa situação inusitada. Momentos depois, o animal entrou dentro do estaleiro.

A cidade evacuou os funcionários do estaleiro e montou armadilhas na tentativa de capturar o urso, mas ele permaneceu imóvel dentro de uma oficina do estaleiro e ainda não havia sido capturado até as 19h.

De acordo com a cidade e a polícia, até o momento não houve relatos de ataques do urso, mas a prefeitura e a polícia estão em alerta.

Não há casas ou outras estruturas nas proximidades do local, e a cidade instalou câmeras de vigilância e suspendeu a operação de captura às 19h.

As autoridades pretendem anestesiar o urso e devolvê-lo para as montanhas.

Fonte: ANN

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - junto a comunidade no Japão
Kumon - aprenda japonês e tenha mais oportunidades!