Previna-se da intoxicação alimentar: saiba como fazer seu obentô corretamente

Para seu bentô seguro e saboroso, veja as recomendações básicas para evitar a intoxicação alimentar.

Imagem ilustrativa (PM)

Sabia que não é recomendado fechar a tampa do recipiente do obentô logo após colocar o arroz e outros alimentos quentes?

Publicidade

Isso porque as bactérias capazes de causar intoxicação alimentar se proliferam em ambientes com água, cheio de nutrientes e quentes. Assim, um obentô quentinho é um ambiente ideal para tais bactérias. A tampa deve ser fechada após o obentô se esfriar por completo e, no verão, é recomendado o uso de pacotes de gelo para acelerar o processo e manter a comida gelada.

Veja abaixo as dicas e maneiras de deixar seu obentô seguro da intoxicação alimentar recomendadas pelo Ministério da Agricultura, Silvicultura e Pesca (MAFF).

Dicas para antes de começar o preparo

1. Lave bem as mãos

A higiene alimentar começa nas mãos. Sempre lave bem suas mãos, principalmente se manuseou alimentos frescos, como ovos, carnes e peixes, ou depois de usar o banheiro. Se tiver machucados nos dedos e na mão, use luvas plásticas para evitar contaminação.

2. Lave bem a caixa do obentô

Antes de colocar os alimentos, certifique-se que o recipiente usado está bem limpo. Ao lavá-lo, remova a junta da tampa e lave bem tudo, até as frestas, e use escovas e detergentes do tipo spray de espuma para garantir que tudo esteja limpo. Depois de lavar o recipiente, seque-o bem. Se não tiver tempo para esperar a secagem, certifique-se que não tenha gotículas de água.

3. Higienize seus materiais de cozinha

Deixe todos seus materiais de cozinha limpos e já os deixe preparados para montar o obentô. Se for utilizar embalagens de plástico ou alumínio para colocar alimentos, também lave-os bem.

Quando a caixa ou embalagem tem separações é mais útil (Wikimedia Commons)

Dicas ao cozinhar

É importante que os acompanhamentos estejam cozidos completamente, especialmente se usa ovos. Recomenda-se verificar a temperatura usando um termômetro de cozimento. Até mesmo presunto e kamaboko, que podem ser consumidos em temperatura ambiente, devem ser cozidos, sempre que possível.

Dicas de como armazenar os alimentos

Elimine totalmente a umidade dos alimentos, pois qualquer teor de água pode levar ao crescimento de bactérias.

Use divisórias para evitar o vazamento de água e a transferência de bactérias para outros alimentos.

Lave e seque bem os legumes e frutas crus antes de embalá-los, e é mais seguro colocá-los em recipientes separados. É recomendado usar alimentos que tenham naturalmente baixo teor de água ou caldo, como fritos ou assados.

Se o arroz e os acompanhamentos forem armazenados enquanto ainda estiverem quentes, o vapor pode ficar preso e tornar o conteúdo úmido, potencializando problemas.

O ideal é usar alimentos preparados no mesmo dia, mas se você cozinhar no dia anterior ou embalar as sobras da noite anterior, não se esqueça de reaquecê-las completamente. Embale os alimentos de forma organizada e sem espaços, para que o conteúdo não se mova ao ser transportado e esteja limpo ao ser consumido.

Antes de comer, limpe bem suas mãos. Se seu obentô tiver um gosto ou cheiro estranho, pare de comê-lo.

Com estas dicas simples você diminuirá as chances de intoxicação alimentar.

Se gostou das dicas, compartilhe com seus amigos!

Fonte: MAFF

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Cadela no Japão é aclamada por salvar vítima de ataque cardíaco

Publicado em 11 de maio de 2023, em Sociedade

Uma cadela foi aclamada como heroína no Japão, uma história comovente.

Ilustrativa (banco de imagens)

Uma cadela foi aclamada heroína no Japão após ter salvado a vida de um homem que estava sofrendo um ataque cardíaco, ao alertar com seu latido incessante.

Publicidade

Koume, uma vira-lata de 5 anos, recebeu uma carta oficial de apreciação de autoridades do departamento de bombeiros local em uma cerimônia especial no mês passado pelo seu valente trabalho em um clube de hipismo em Wakaba-ku, na cidade de Chiba.

De acordo com o clube, um homem na faixa dos 50 anos desmaiou no parque de hipismo em 25 de fevereiro.

Koume, uma cadela tranquila, fez o alerta com seu latido, o que então permitiu às pessoas correrem para ajudar o homem.

“Normalmente, Koume é quieta e late apenas sob raras circunstâncias”, disse Yuna Maruo, uma instrutora de hipismo de 23 anos que esteve envolvida no salvamento do homem naquele dia. “Mas quando uma emergência surge, Koume realmente late”.

“A ação de Koume em pedir ajuda e as ações dos funcionários foram uma resposta perfeita”, disse um representante do corpo de bombeiros.

De acordo com o clube, os latidos de Koume permitiram que os funcionário chamassem uma ambulância e paramédicos usaram um desfibrilador externo automatizado no homem a tempo.

Desde então, o homem retornou ao clube de hipismo.

A instrutora Yuna Maruo e Koume (Yomiuri)

Fonte: CNN

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - junto a comunidade no Japão
Kumon - aprenda japonês e tenha mais oportunidades!