Morte e 5 pedidos de socorro no fim de semana, no Monte Fuji

Um idoso morreu durante a escalada. Entre os pedidos de socorro, um casal que se perdeu e uma estrangeira que teve lesão e não conseguia mais andar.

Monte Fuji visto pelo lado de Yamanashi (JNN)

Do lado de Yamanashi, cuja abertura para a temporada do Monte Fuji foi em 1.º deste mês, por volta da 1h de sexta-feira (14), uma pessoa que escalava, viu um homem caído e ligou para o socorro.

Publicidade

Um japonês, 71, de Aomori, foi encontrado morto a 400 metros acima da cabana da 8.ª parada. Segundo a polícia, foi levado para o hospital, onde foi constatado que morreu de uma doença.

No primeiro final de semana após a abertura do Monte Fuji, para escalada na rota Subashiri, província de Shizuoka, a polícia e os bombeiros receberam 5 pedidos de socorro.

Por volta do meio-dia de domingo (16), uma mulher estrangeira pediu socorro porque não conseguia mais andar por causa de uma lesão na perna quando descia o Monte Fuji, junto com mais 3 amigos. Possivelmente foi um entorse no tornozelo. Os amigos desceram primeiro para esperá-la, e ela foi socorrida pelos bombeiros.

Por volta das 11h30, um casal de 64 e 58 anos, de Numazu (Shizuoka), estava voltando da escalada quando se perderam e pediram ajuda. Três membros da equipe de resgate da polícia se dirigiram para o resgate e encontrou os dois por volta das 13h30. Antes das 15h desceram a trilha da montanha.  

Entre os demais pedidos de socorro, um homem teve uma cãibra na perna e uma brasileira, 54 anos, de Kani (Gifu) não conseguia mais se mover, no sábado, por volta das 11h35, por isso foi socorrida.

Fontes: SBS e JNN

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Calor perigoso gera alerta em 32 províncias, no feriado

Publicado em 17 de julho de 2023, em Tempo

É preciso tomar muito cuidado no feriado, pois será um dia de calor perigoso para o corpo.

Foto ilustrativa de termômetro marcando calor, com mais de 35 graus Celsius (Wallpaper Flare)

A Agência de Meteorologia do Japão (AMJ) e o governo emitiram alerta de insolação para 32 das 47 províncias na segunda-feira (17), feriado.

Publicidade

Todas as províncias de Kanto-Koshin, parte de Tokai, Kinki, Chugoku e Kyushu estão com alerta por causa do calor que chega a ser perigoso para o corpo. 

E não se pode subestimar as temperaturas elevadas, pois no domingo (16), foram socorridas 89 pessoas de zero a 90 anos em Tóquio, com insolação. Entre elas, um homem na faixa dos 50, que estava praticando exercício físico ao ar livre, foi socorrido já com parada cardiorrespiratória. 

Em 157 pontos de observação da temperatura foram constatados calor incomum no domingo. Em Kiryu (Gunma), a temperatura mais alta no Japão deste ano foi de 39,7 graus Celsius. Hatoyama e Tokorozawa (Saitama) também passou de 39ºC. 

Não será diferente no feriado, em Gunma, Saitama, Aichi, Mie, Shimane e outras, já com mais de 35ºC antes do meio-dia. A previsão é de 38ºC nas cidades de Nagoia, Gifu, Maebashi, Saitama e Kumagaya.

Portanto, o governo e a AMJ recomendam redobrar os cuidados contra a insolação e evitar exercícios físicos ao ar livre. Ao perceber que tem alguém nas proximidades, com mal-estar, perguntar se precisa de ajuda.

Alerta de insolação em 32 províncias no feriado (AMJ/Gov.)

Fontes: AMJ, FNN, JNN e NHK

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - junto a comunidade no Japão
Kumon - aprenda japonês e tenha mais oportunidades!