Sharp fecha acordo para ceder espaço à fabricante de semicondutores

Uma parte da fábrica de Mie que está parada será cedida para um fabricante de semicondutores.

Planta da Sharp de Taki (cedida pela Sharp para Sankei Shimbun)

A Sharp anunciou na terça-feira (9) que chegou a um acordo com a Aoi Electronics para utilização de parte das instalações de sua fábrica em Mie, situada na cidade de Taki, onde produz painéis LCD de pequeno e médio porte.

Publicidade

A Aoi Electronics irá usar o espaço para instalar linhas de produção de semicondutores. Assim, com o reaproveitamento do espaço da fábrica número 1, a qual está fora de operação desde 2015, poderá melhorar seus lucros. As obras começarão este ano com o objetivo de operação em larga escala até o final de 2026.

A Aoi Electronics é um fabricante de peças eletrônicas com sede na cidade de Takamatsu (Kagawa), que faz o pós-processamento para transformar semicondutores em produtos. A empresa tem a intenção de aumentar a sua produção dos produtos relacionados com semicondutores, para os quais se espera que a procura aumente no futuro, utilizando as instalações da Sharp.

Ao utilizar a fábrica já existente, planeja construir e operar rapidamente as linhas de produção para fornecer pacotes integrados de chips, pacotes de energia incorporados em chips e pacotes de alta frequência para 5G/6G/ADAS em tempo hábil, que deverão se expandir no futuro.

A Sharp tem sofrido com a deterioração no mercado de LCD e caiu num enorme déficit pelo segundo ano consecutivo. A grande fábrica de painéis LCD na cidade de Sakai (Osaka), cuja produção está programada para ser suspensa até setembro deste ano, está em negociações com SoftBank, KDDI e outros para convertê-la em um data center para inteligência artificial generativa (IA).

Fontes: Sankei, AMP e Asahi

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Raríssima aparição de golfinhos na costa de Aichi

Publicado em 10 de julho de 2024, em Sociedade

Um homem teve a sorte de ser acompanhado por dois golfinhos quando estava no barco e enviou um vídeo para a emissora de tevê.

Um dos golfinhos fazendo salto no mar (telespectador da FNN)

Um telespectador da emissora FNN enviou um vídeo gravado por ele, mostrando dois golfinhos que chamaram a atenção quando ele estava andando de barco na Baía de Mikawa, em Aichi.

Publicidade

Segundo os especialistas, a presença de golfinho nessas águas é algo extremamente raro.

Mas, o homem que preferiu não se identificar, disse que teve sorte pois teve a companhia dos dois golfinhos, exibindo belos saltos e soltando vozes durante 20 minutos. “Foi um cruzeiro inesperado com eles”, disse.

O homem que enviou o vídeo ficou curioso com a voz dos golfinhos, que soaram como se estivessem pedindo para brincar junto.

Então, a equipe da FNN resolveu perguntar a Hidehiro Kato, conselheiro do Instituto de Pesquisa de Cetáceos do Japão, de onde sai essa voz. “Simplificando, é pelo seu nariz, porque ele não tem cordas vocais na garganta. O orifício respiratório fica no topo de sua cabeça”, explicou.

“É chamado de ecolocalização, ou seja, o golfinho emite o som para dizer coisas como distância, ângulo e outros. Nesse caso é porque o barco deve ter despertado a curiosidade deles”, explicou sobre os sons que parecem um assobio.

Dois golfinhos (telespectador da FNN)

Fonte: FNN

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - junto a comunidade no Japão
Kumon - aprenda japonês e tenha mais oportunidades!