Atleta ugandense foi detido após retornar do Japão

Publicado em 30 de julho de 2021, em Notícias do Mundo

O atleta sumiu do hotel na província de Osaka em 16 de julho, deixando um bilhete dizendo que queria trabalhar no Japão. Foi encontrado 4 dias depois em Mie.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Julius Ssekitoleko sumiu do hotel onde estava em Osaka e foi encontrado na província de Mie (ANN)

O advogado do atleta de Uganda que retornou para casa após desaparecer no Japão diz que as autoridades no país no leste africano detiveram temporariamente o levantador de peso por alegada conspiração para cometer fraude.

Publicidade

Julius Ssekitoleko estava hospedado em um hotel na província de Osaka com outros membros da equipe olímpica de Uganda. Eles estavam treinando para os Jogos de Tóquio.

Ssekitoleko desapareceu do hotel em 16 de julho. O atleta de 20 anos deixou um bilhete dizendo que ele não retornaria para Uganda e queria trabalhar no Japão, já que a vida em seu país era difícil. Ele foi encontrado na província de Mie em 20 de julho e voltou para Uganda no dia seguinte.

Seu advogado diz que as autoridades ugandenses detiveram Ssekitoleko por 5 dias após o atleta ter retornado.

O advogado diz que as autoridades acusam Ssekitoleko de conspirar para deixar Uganda, embora ele não tivesse se qualificado para as Olimpíadas.

Ssekitoleko foi liberado, segundo seu advogado, mas está sendo questionado por investigadores.

O advogado disse que o atleta soube após viajar ao Japão que ele não havia se classificado para as Olimpíadas. Ele disse à NHK que o tratamento de seu cliente é ilegítimo, visto que ele não cometeu crime algum.

Enquanto em custódia protetora pela polícia japonesa, Ssekitoleko teria manifestado sua intenção de pedir condição de refúgio no país.

Uma organização de advogados japoneses está trabalhando para atletas estrangeiros e outros envolvidos nas Olimpíadas e Paralimpíadas de Tóquio que querem solicitar condição de refúgio no Japão.

A Rede de Advogados do Japão para Refugiados está pedindo ao governo japonês e ao comitê organizador da Tokyo 2020 que se certifiquem que suas solicitações sejam verificadas de forma apropriada.

Fonte: NHK

Poderia avaliar este conteúdo?

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!
Palavras-chave neste artigo

Vamos Comentar?

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - Japão
Info para brasileiros de Mie-ken