Companhia de Israel está desenvolvendo vacina oral contra Covid-19

Publicado em 3 de agosto de 2021, em Notícias do Mundo

Vacinas orais são atrativas para o mundo em desenvolvimento, porque elas reduzem a carga logística de campanhas de imunização.

Neste Artigo:
&nbspCompanhia de Israel está desenvolvendo vacina oral contra Covid-19
Ilustrativa (banco de imagens)

Imagine uma vacina contra Covid-19 que vem em forma de pílula: sem agulhas, sem exigência de profissionais da saúde apara administrá-la e entregues potencialmente nas casas das pessoas.

Publicidade

A farmacêutica israelense Oramed está tentando cumprir com isso, e está determinada a iniciar seu primeiro ensaio clínico agora em agosto, disse em uma entrevista o CEO Nadav Kidron à agência de notícias AFP.

Com somente 15% da população completamente vacinada, a luta global contra o fim da pandemia está longe de acabar.

Vacinas orais são particularmente atrativas para o mundo em desenvolvimento, porque elas reduzem a carga logística de campanhas de imunização, disse Kidron.

Outros benefícios incluem uso reduzido de seringas e lixo plástico e potencialmente menos efeitos colaterais.

Desafios para a vacina oral

Apesar de muitas vantagens teóricas, houve pouco sucesso em vacinas orais porque os ingredientes ativos tendem a não sobreviver a jornada até o trato grastrointestinal.

As exceções incluem vacinas para doenças que são por elas mesmas transmitidas através da boca e sistema digestivo – por exemplo, há uma vacina oral eficaz para pólio.

A Oramed, que foi fundada em 2006, acredita que superou os problemas técnicos ao desenvolver uma cápsula que sobrevive ao ambiente altamente ácido do intestino.

Ela inventou sua tecnologia para um produto anterior, uma forma de insulina oral experimental, o medicamento salvador exigido para diabéticos que até agora tem sido administrado por injeção.

Desenvolvida junto com o ganhador do Prêmio Nobel, o bioquímico Avram Hershko que é conselheiro científico de painel, a cápsula da companhia tem uma cobertura altamente protetora que a faz reduzir o tempo de degradação.

Ela também libera moléculas chamadas inibidores de protease as quais impedem que as enzimas no intestino delgado quebrem a insulina, e um melhorador de absorção para ajudar a insulina a atravessar o fluxo sanguíneo.

O medicamento foi administrado a centenas de pacientes no estágio final de ensaios clínico nos EUA, com os resultados esperados em setembro de 2022.

A Oramed agora lançou uma nova companhia chamada Oravax, que pega a tecnologia de cápsula do produto de insulina oral e a usa para uma vacina oral contra Covid-19.

Fonte: France 24


Vamos comentar?


.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - Japão