Lixo zero: cidade no Japão atrai a atenção de outros países

Após o sucesso do vídeo no YouTube, uma cidade japonesa ficou conhecida mundialmente pela reciclagem de lixo eficaz. Veja os detalhes.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Publicidade

Uma pequena cidade no oeste do Japão que vem atraindo visitantes estrangeiros após seus esforços em reduzir o lixo a zero, até 2020, ficou amplamente conhecida através do YouTube, mostrou a reportagem da Kyodo na terça-feira (21).

O vídeo documentário, intitulado “How This Town Produces no Trash” (Como Esta Cidade Não Produz Lixo) explica como a cidade de Kamikatsu, na província de Tokushima, está selecionando e reciclando lixo em 34 categorias designadas, que desde então aumentaram para 45, e tem seu próprio sistema de compostagem.

Em uma das cenas, uma moradora remove habilmente a tampa e o rótulo de uma garrafa plástica.

Confira o vídeo completo:

O vídeo de 5 minutos foi visualizado mais de 540.000 vezes desde o ano de 2015, quando foi postado pela comunidade Seeker Stories, e Kamikastu recebeu visitas de municípios e organizações ambientais de mais de 10 países entre abril e janeiro do ano passado, de acordo com um empreendimento público-privado na cidade.

Kamikatsu anunciou em 2003 que até 2020 vai parar de gerar lixo que precisa ser incinerado ou enterrado. A cidade agora recicla cerca de 80% de seu lixo, bem acima da média nacional de 20%, de acordo com a cidade.

Fonte: News and Culture
Vídeo e Imagem: YouTube/Seeker Stories

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Yamato enfrenta dificuldades na entrega de encomendas da Amazon e outros

Publicado em 27 de fevereiro de 2017, em Sociedade

Funcionários da Yamato querem diminuir o ritmo das entregas, devido a falta de trabalhadores no setor. Saiba mais.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Publicidade

Setor de entregas à domicílio passa por grave falta de trabalhadores em meio a aumento de entregas.

Junto ao aumento dos pedidos pela Internet, a quantidade de encomendas também cresceu subitamente e, como está muito difícil organizar o pessoal, o Sindicato dos Trabalhadores da grande empresa de entrega em domicílio Yamato pdeiu à empresa que suprima a aceitação de entregas nesta primavera.

A quantidade de entregas da Yamato realizada neste ano fiscal foi de 1.87 bilhão de itens, um aumento de 8% em relação ao ano fiscal anterior, e espera-se que este ano bata o maior recorde já registrado. Entretanto, a empresa não está conseguindo suprir a necessidade de funcionários e, atualmente, enfrenta uma grave escassez de trabalhadores.

Devido a isso, o Sindicado dos Trabalhadores da Yamato disse que é difícil a empresa acompanhar a quantidade de entregas com a atual mão de obra e, no período de um ano a partir de abril, pediu para que o número de entregas não aumente e deseja que a empresa comece a rejeitar alguns pedidos de entrega.

Além disso, o sindicato pedia a revisão dos serviços de reentrega e entrega em horários noturnos, já que está ligada com trabalho prolongado e, além disso, ele também deseja o aumento de preços das taxas de negociações em transações com altos valores em pedidos pela Internet.

Em relação a isso, a empresa entrou na discussão por trabalho e gestão, pois este é um grande problema nos negócios. Durante este período de agravamento da falta de trabalhadores, como as empresas irão lidar com o aumento do número de entregas junto ao aumento dos pedidos pela Internet será um desafio comum no mercado e, no futuro, isso pode se ligar com a revisão dos serviços de entrega no Japão.

Fonte: NHK News

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância
Kumon - aprenda nihongo por correspondência