Trabalhador morre em acidente na Aisin AI

Um acidente provocou a morte de um trabalhador e outro ficou gravemente ferido, na indústria matriz da Aisin AI, subsidiária da Toyota, em Aichi.

Acidente causa da morte de um trabalhador na matriz da Aisin AI, de Nishio, em Aichi (CBC TV)

Um acidente na indústria matriz da Aisin AI, provocou a morte de um trabalhador.

Publicidade

Ele operava um equipamento com peso de cerca de 3 toneladas na indústria matriz da fabricante de peças de automóveis – Aisin AI. A indústria fica em Ojima-Cho, na cidade de Nishio (Aichi).

Hironaru Nakano, 57 anos, ficou sob o equipamento, por volta das 10h30 deste domingo (24). A morte dele foi confirmada no hospital. Um outro funcionário, de 62 anos, está em estado grave no hospital, com fraturas.  

Nakano e mais 2 colegas operavam um macaco para levantar o equipamento de cerca de 3 toneladas que fabrica peças automotivas. Eles estavam trocando as placas intercaladas entre as partes de base, quando o equipamento teve desequilíbrio causando o acidente fatal.

A polícia suspeita também de negligência no trabalho, seguida de morte e lesão. Ouviu as partes interessadas para verificar as condições da ocasião do acidente.

Fontes: Chukyo TV e CBC TV
Foto: CBC TV

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Peru expulsa diplomatas norte-coreanos do país

Publicado em 24 de dezembro de 2017, em Notícias do Mundo

O Peru disse que os diplomatas realizaram atividades ‘incompatíveis com suas funções oficiais’ e ordenou que eles deixassem o país dentro de 15 dias.

O Peru disse que os diplomatas realizaram atividades ‘incompatíveis com suas funções oficiais’ e ordenou que eles deixassem o país dentro de 15 dias (NHK/reprodução)

O Peru ordenou que dois diplomatas norte-coreanos deixassem o país dentro de 15 dias após declará-los “persona non grata”. O Ministério de Relações Exteriores emitiu a declaração na sexta-feira (22).

Publicidade

O ministério não forneceu detalhes, mas disse que o primeiro e terceiro secretários da embaixada norte-coreana realizaram atividades “incompatíveis com suas funções oficiais”.

O ministério frisou que as violações da Coreia do Norte das resoluções do Conselho de Segurança das Nações Unidas e a negligência do país em relação aos pedidos da comunidade internacional também estavam incluídas nas razões para a recente decisão do governo peruano.

Em setembro, o Peru expulsou o embaixador da Coreia do Norte em resposta aos contínuos esforços do Norte em construir suas armas nucleares.

Fonte e imagem: NHK

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
Life Card - cartão exclusivo para brasileiros