‘Ambientes sem karoshi’: celebrações do Dia do Trabalhador

Foram realizadas cerimônias para celebrar o Dia do Trabalhador nas principais capitais do Japão, com milhares de participantes nas praças.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Protesto sobre o artigo 9 da reforma trabalhista proposto pelo governo, em Nagoia (Mainichi)

Na presença de 28 mil pessoas foi realizada a 89.ª cerimônia da celebração do Dia do Trabalhador, no Parque Yoyogi, em Shibuya, na capital japonesa.

Publicidade

A celebração foi organizada pela Confederação Nacional dos Sindicatos dos Trabalhadores-Zenroren. Yoshikazu Odagawa, o presidente fez um pronunciamento.

Criticou a reforma trabalhista proposta pelo governo. Clamou por ambientes de trabalho onde a jornada de 8 horas diárias seja o normal e também sem karoshi. Este é um termo usado para definir a morte por excesso de trabalho.

Em Osaka (província homônima) a federação reuniu 32 mil pessoas no parque do castelo. Tsuruichi Yamazaki, presidente da federação local, abordou o equilíbrio entre vida profissional e pessoal, como uma das metas das atividades sindicais.

O Conselho Sindical Nacional realizou a celebração de 1.º de maio em Hibiya.

Em Nagoia (Aichi) a comemoração teve poucos participantes, ficando na casa das 2,8 mil pessoas, reunidas no Parque Shirakawa. Cartazes de protesto ao artigo 9 da reforma trabalhista proposto pelo governo foram a tônica da celebração da data.

No Parque do Castelo de Osaka 32 mil pessoas foram comemorar o Dia do Trabalhador (Asahi)

Fontes: Mainichi, Asahi, Chunichi e Chiba Nippo
Fotos: Mainichi e Asahi

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Cruzeiro para ver golfinhos, em Toyama

Publicado em 1 de maio de 2018, em Turismo em Toyama

Começou a temporada do passeio marítimo para ver os golfinhos na Baía de Toyama. Saiba mais detalhes.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Passeio marítimo para ver os golfinhos (foto ilustrativa: PxHere)

Céu azul, mar limpo e gaivotas acompanhando o cruzeiro. O cenário é de encher os olhos, ainda mais se puder ver as famílias de golfinhos na costa de Himi (Toyama).

Publicidade

Essa é a proposta do passeio marítimo que começou no feriado de Golden Week e se estende até 25 de novembro deste ano.

O passeio dura cerca de 25 minutos pela Baía de Toyama. Além dos golfinhos que podem aparecer, os turistas podem ver sardinhas e gaivotas.

Todos os passageiros do cruzeiro sobem ao navio com colete salva-vidas. Nos dias de mau tempo os passeios são suspensos.

Cruzeiro de Himi

  • Horários: são 6 no total, às 9h, 10h, 11h, 13h, 14h e 15h
  • Tarifas: ¥1.000 para adultos (acima da idade ginasial), ¥500 para estudantes do primário, abaixo dessa idade é gratuito, adultos com deficiência pagam ¥500 e crianças com deficiência, ¥250
  • Local: próximo ao porto de pesca de Himi. Toque aqui para abrir o mapa e traçar seu roteiro

A embarcação comporta 50 passageiros para ver os golfinhos, sardinhas e gaivotas (Chunichi)

Fontes: Chunichi, Tulip TV e divulgação
Fotos: PxHere e Chunichi

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
UniFCV Japão - Educação a distância
Uninter - JAPÃO - Educação a distância