Indústria automobilística japonesa reage à possível tarifa dos EUA

A indústria japonesa demonstrou preocupação com a investigação dos EUA sobre veículos importados, dizendo que isso poderia resultar em prejuízos ao mercado americano.

Americanos trabalhando em empresas automotivas japonesas produziram cerca de 3,8 milhões de veículos nos EUA em 2017 (imagem ilustrativa)

O órgão da indústria de automóveis do Japão disse na sexta-feira (8) que está “seriamente preocupado” com o recente lançamento de uma investigação de segurança nacional de Donald Trump nas importações de automóveis, uma ação temida pelas montadoras que pode resultar em novas tarifas.

Publicidade

“São os próprios consumidores que seriam penalizados, através de preços elevados de veículos e opções de modelos reduzidas, caso medidas com comércio limitado fossem implementadas”, como resultado da investigação, disse Akio Toyoda, presidente da Associação de Fabricantes de Automóveis do Japão (JAMA), em um comentário.

“Além disso, planos de negócios de fabricantes de automóveis e peças, assim como de comerciantes de veículos importados poderiam ser seriamente prejudicados, com impactos potencialmente adversos sobre a economia e empregos nos EUA”, disse Toyoda, que também é presidente da Toyota Motors.

Os EUA lançaram uma investigação no mês passado sobre se veículos incluindo caminhões e peças automotivas importados representam uma ameaça à segurança nacional, causando alvoroço entre montadoras japonesas e outras estrangeiras sobre seus futuros planos de negócios.

Os EUA são o maior mercado para fabricantes de veículos japonesas. Se Trump decidir limitar as importações de automóveis, a mudança de produção de fabricantes japonesas para os EUA poderia acelerar e cavar um buraco na indústria doméstica, dizem observadores.

O órgão empresarial ressaltou que as montadoras japonesas estão contribuindo com o crescimento econômico e criação de empregos nos EUA e que os veículos importados não representam uma ameaça à segurança nacional dos país.

“Empresas que são membros da JAMA, hoje, operam 24 plantas industriais e 44 centros de pesquisa e desenvolvimento ou design em 19 estados nos EUA, e em 2017 cerca de 3,8 milhões de veículos foram produzidos por trabalhadores americanos nessas instalações”, disse Toyoda.

“A JAMA julga que o comércio livre e justo e um clima competitivo, em linha com as regras globais, beneficiam os consumidores nos EUA e fortalecem o crescimento sustentável da indústria de automóveis do país e sua economia”, disse ele.

Fonte: Kyodo
Imagem: Banco de imagens

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Quer adrenalina? Bungee jump mais alto do mundo será inaugurado

Publicado em 9 de junho de 2018, em Ásia

Uma nova plataforma de bungee jump de 260 metros de altura será adicionada à Ponte de Vidro de Zhangjiajie, na China, a mais alta do mundo.

Em desafio para promover a atração, entusiastas de bungee jump de todo o mundo foram convidados para um desafio (CNN Travel)

Para aqueles que superaram com sucesso seus temores e caminharam pela ponte com fundo de vidro mais alta do mundo na China, agora é hora de levar as coisas a um nível maior: pular dela de bungee jump.

Publicidade

Uma nova plataforma de bungee jump de 260 metros de altura será adicionada à Ponte de Vidro de Zhangjiajie (Zhangjiajie Grand Canyon Glass Bridge) em agosto de 2018. Assim que for inaugurado será o bungee jump mais alto do mundo.

A Zhangjiajie Grand Canyon Glass Bridge (CNN Travel)

O detentor do recorde atual é o bungee jump da Torre de Macau, a 233 metros de altura acima do solo.

“O que torna o bungee jump da ponte de vidro de Zhangjiajie especial é que o salto oferecerá vistas realmente incríveis de paisagem incomum da cidade”, disse Joe Chen, diretor-geral-adjunto da Gestão de Turismo do Zhangjiajie Grand Canyon ao CNN Travel. “Graças à ponte com fundo de vidro, os visitantes da ponte podem olhar para baixo e ver alguém praticando bungee jump”.

“Será diferente da de Macau porque pular de bungee jump de uma ponte não requer um cabo guia, então, a sensação é de queda livre”.

Um restaurante e bar com tema bungee jump no final da ponte permitirá aos menos corajosos participarem ao pedir bebidas temáticas e assistir aos intrépidos saltarem dela.

Praticante de bungee jump saltando da ponte de vidro (CNN Travel)

No final de maio, a ponte de vidro Zhangjiajie sediou o Bungee Jump Challenge para promover a atração. Entusiastas de bungee jump de todo o mundo foram convidados para serem os primeiros a experimentá-lo.

Dizem que a ponte de vidro de Zhangjiajie, inaugurada em 2016 e que se estende por 430 metros ao longo de um vale de 300 metros de profundidade entre dois penhascos no belo Parque Zhangjiajie, foi inspirada no cenário do filme de ficção científica Avatar.

Projetada pelo arquiteto israelita Haim Dotan, a ponte com fundo de vidro recebeu 5,9 milhões de visitantes desde que foi inaugurada.

A ponte foi fechada por duas semanas após sua inauguração por causa da demanda esmagadora. Ela então foi reaberta com sistema de reserva online um mês depois.

As pessoas que quiserem visitar a ponte podem reservar seus ingressos no site oficial do Zhangjiajie Grand Canyon. Solicitações para as sessões de bungee jump serão abertas em breve.

Fonte e imagens: CNN Travel

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - faça remessas com segurança!
Kumon - aprenda japonês e tenha mais oportunidades!