Terremoto de magnitude 6,1: pronunciamento da AMJ

A Agência de Meteorologia do Japão realizou uma coletiva de imprensa para explicar sobre o terremoto desta segunda-feira e também para observações.

Coletiva de imprensa da Agência de Meteorologia do Japão sobre o terremoto, transmitida ao vivo (JNN)

A Agência de Meteorologia do Japão realizou uma coletiva de imprensa às 10h desta segunda-feira (18) para explicar sobre o terremoto desta manhã e os cuidados a serem tomados.

Publicidade

Nos locais onde o tremor foi forte, como no epicentro, há risco de deslizamentos e de queda de edificações. A recomendação é zelar pela segurança pessoal, porque pode ocorrer quedas de vidros. Recomenda buscar abrigo. Como podem ocorrer outros tremores é importante verificar os locais para evacuação.

O terremoto de magnitude 6,1 foi registrado às 7h58 desta segunda-feira. Inicialmente foi anunciada magnitude 5,9, mas corrigida, como também a profundidade, de 10 para 13Km.

A intensidade máxima foi de 6 fraca, em Kita-ku, na cidade de Osaka, mais Takatsuki, Mino, Hirakata, Ibaraki, todas na província de Osaka. Em 18 cidades foram verificadas intensidade 5 forte. 

Epicentro no norte da província de Osaka, com intensidade 6 fraca. Em laranja, intensidade 5 forte, em amarelo 5 fraca, e amarelo claro, 4 (AMJ)

Reiterou que não há risco de tsunami.

Há risco de ocorrências de réplicas com tremores fortes, nos próximos 2 a 3 dias. Nas cidades do epicentro, a população deve ficar atenta a tremores fortes durante uma semana.

Desde 1997 ocorreram diversos terremotos de menor intensidade na província de Osaka, mas no epicentro desta data ainda não havia acontecido no passado.  

Até as 9h30 desta segunda-feira ocorreram 8 réplicas, mas nenhuma chegou à intensidade 3.

Ainda não é possível afirmar que seja por causa do movimento da falha Arima-Takatsuki, mas aparentemente sim. Ocorreu um terremoto de intensidade 7 há 400 anos, por conta dessa falha.

Fonte e foto: transmissão ao vivo JNN

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Píton gigante mata e engole mulher na Indonésia

Publicado em 18 de junho de 2018, em Ásia

Pítons gigantes, que normalmente atingem seis metros de comprimento, são comumente encontradas na Indonésia e nas Filipinas.

Residentes capturaram a cobra e e abriram. O corpo da mulher estava em seu interior, intacto (NHK)

Uma indonésia foi encontrada dentro de uma píton após a cobra gigante ter sido capturada perto de onde a mulher havia desaparecido enquanto cuidava de sua plantação, informou a polícia no sábado (16).

Publicidade

O corpo de Wa Tiba, de 54 anos, foi encontrado na sexta-feira (15) quando residentes abriram com uma faca a píton de 8 metros de comprimento, que estava inchada, na vila de Persiapan Lawela na ilha de Muna, ao largo de Sulawesi.

“Residentes suspeitavam que a cobra havia engolido a vítima, então eles a mataram e a tiraram da área da plantação”, disse o chefe da polícia, Hamka. “A cobra foi aberta e o corpo da vítima encontrado dentro dela”.

Cerca de 100 residentes e parentes iniciaram uma busca pela mulher porque ela não havia voltado para casa na noite de quinta-feira (14). Hamka disse que os residentes encontraram a cobra gigante a 30 metros das sandálias e facão de Tiba, frisando que sua cabeça havia sido engolida primeiro e seu corpo foi encontrado intacto.

Tiba provavelmente não morreu dentro da cobra. Uma píton garante sua presa com uma picada, então enrola seu corpo ao da vítima, apertando até que ela não possa mais respirar, antes de devorá-la, de acordo com a Associated Press.

O local de plantação onde Tiba desapareceu fica no pé de um penhasco, marcado por cavernas e conhecido por ser lar de cobras, salientou Hamka.

Pítons gigantes, que normalmente atingem seis metros de comprimento, são comumente encontradas na Indonésia e nas Filipinas.

Enquanto sabe-se que elas atacam animais pequenos, tentativas de devorar humanos são raras.

Em março do ano passado, um agricultor foi morto por uma píton na vila de Salubiro na ilha de Sulawesi.

Fonte: The Guardian, AP
Imagem: NHK

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
Empregos no Japão - HUMAN