Intoxicação alimentar em 2 restaurantes de sushi

A rede Totoyamichi, de sushi de esteira do grupo Skylark, teve intoxicação alimentar em dois restaurantes de Saitama.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Foi encontrada bactéria em 2 estabelecimentos da rede de restaurantes de sushi Totoyamichi (JNN)

A rede de restaurantes de sushi em esteira Totoyamichi teve 2 de seus restaurantes com intoxicação alimentar. Foram nos de Saitama, das cidades de Misato e Tokorozawa.  

Publicidade

Na segunda-feira (10) o grupo Skylark se pronunciou informando que tomou a iniciativa de efetuar verificações nas suas 24 casas de sushi, durante 2 dias.

Os casos ocorreram no período de 31 do mês passado a 2 deste mês nas lojas de Saitama. Onze pessoas apresentaram sintomas de intoxicação alimentar por terem consumido os sushis levados para viagem.

De acordo com o Centro de Saúde foi encontrada a bactéria Vibrio parahaemolyticus, que causa gastroenterite em humanos, em 3 das 11 pessoas e em alguns sushis. Por isso, considerou intoxicação alimentar.

Os dois restaurantes tiveram a suspensão de atividades comerciais entre 10 a 12.

A rede Totoyamichi tem forte presença na região Kanto, nas províncias de Tóquio, Saitama e Kanagawa. A rede Skylark se pronunciou “vamos revisar completamente a gestão do saneamento e continuar a trabalhar visando a segurança alimentar”.

Fonte e foto: JNN 

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Monte Fuji: fim da temporada de escalada

Publicado em 11 de setembro de 2018, em Artigos de Turismo

O balanço foi de mais de 9 mil que chegaram ao cume em julho, 58 socorridos e 1 morte, de um brasileiro.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Placas de bloqueio ao acesso foram instaladas nas trilhas do Monte Fuji (Flickr e SBS)

Na segunda-feira (10) a temporada para escalada ao cume do Monte Fuji foi oficialmente encerrada. Das trilhas de Shizuoka se pode ter acesso da quinta até a sexta parada de Fujinomiya-guchi para caminhada, a fim de apreciar a cratera Hoei. Ficará liberada até começar a nevar, portanto, a previsão é de novembro. As de Gotenba e Subashiri só podem ser feitas até a quinta parada, igualmente até começar a nevar.

Publicidade

O cume do Monte Fuji amanheceu na terça-feira (11) com temperatura de 3ºC negativos. Na segunda-feira os últimos que escalaram desceram e relataram que estava muito frio nas alturas.

Com aumento de 21% dos visitantes – 9.203 conseguiram chegar ao cume em julho – as pessoas que pediram socorro também foi maior. Na província de Shizuoka foram registrados 58 socorros em julho e agosto. Em setembro 3 pessoas passaram mal e foram atendidas. Ocorreu uma morte, de um brasileiro (toque aqui para abrir a matéria). Ele estava vestido com roupas de verão e morreu por hipotermia.

De todos os socorridos 80% são de pessoas de outras províncias ou estrangeiros, segundo a polícia.

A próxima temporada para escalar o icônico monte japonês é só em julho do próximo ano. No inverno ele pode ser apreciado à distância, coberto de neve.

Fontes: Shizuoka Shimbun, Tenki e SBS 
Fotos: Flickr e SBS

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
UniFCV Japão - Educação a distância
Uninter - JAPÃO - Educação a distância