Itália tem mais de 320 casos de coronavírus

Cinco países europeus, incluindo Croácia, Áustria e Suécia, confirmaram casos de coronavírus em pessoas que viajaram à Itália recentemente.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Turistas em Milão usando máscara (NHK)

Mais de 320 pessoas estão infectadas e pelo menos 10 morreram na Itália. Onze cidades no norte do país estão isoladas, com as pessoas proibidas de entrar e sair, divulgou a NHK nesta quarta-feira (26).

Publicidade

Também houve aumentos recentes de casos de coronavírus em vários países europeus.

Ministros da saúde de países vizinhos se reuniram em Roma para discutir sobre o surto. Preocupações estão crescendo em relação a italianos viajando pelo exterior.

Contudo, o ministro da saúde Roberto Speranza disse que “não há mudança nas condições de viagem de italianos indo para o exterior. Esse é o primeiro comprometimento feito pelos países que fazem fronteira com a Itália. Eles queriam compartilhar a ideia de que fechar as fronteiras seria um erro, uma medida desproporcionada e errada”.

Outros cinco países europeus, incluindo Croácia, Áustria e Suécia confirmaram casos de coronavírus em pessoas que viajaram à Itália recentemente.

No Irã 15 mortes foram confirmadas. Autoridades da saúde dizem que 900 pessoas podem estar infectadas com vírus, incluindo o vice-ministro da saúde do país que testou positivo para o Covid-19.

Fora da China continental mais de 40 pessoas morreram e cerca de 3 mil casos foram confirmados.

Fonte: NHK

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

EUA iniciam testes de medicamento contra Ebola para tratar pacientes com coronavírus

Publicado em 26 de fevereiro de 2020, em Notícias do Mundo

Medicamentos para influenza e HIV vêm sendo testados em pacientes com Covid-19, mas até agora não houve tratamentos ou vacinas comprovados para o novo coronavírus.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Médico examina infecção por vírus em um microscópio (ilustrativa/PM)

Oficiais da saúde dos EUA dizem que o país iniciou testes clínicos de um medicamento antiviral que agora está sob investigação para tratar pacientes infectados pelo novo coronavírus, o Covid-19.

Publicidade

O Instituto Nacional de Saúde anunciou na terça-feira (25) que iniciou um ensaio clínico do remdesivir no Centro Médico da Universidade de Nebraska.

Desenvolvido pela Gilead Sciences, o remdesivir havia sido testado anteriormente em pacientes com Ebola.

Sua eficácia será estudada ao comparar resultados em um grupo de pacientes que tomaram o medicamento com aqueles que receberam o *placebo.

A Gilead Sciences diz que o medicamento mostrou promessa em testes com animais para tratamento da MERS e da SARS, ambas conhecidas por terem sido causadas por outros coronavírus.

Um médico que lidera o experimento disse aos repórteres na terça-feira que resultados preliminares poderiam ser vistos dentro de 1 ano.

Medicamentos para influenza e HIV vêm sendo testados em pacientes com Covid-19, mas até agora não houve tratamentos ou vacinas comprovados para o novo coronavírus.

*placebo: qualquer substância ou tratamento inerte, ou seja, que não apresenta interação com o organismo
Fonte: NHK

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
UniFCV Japão - Educação a distância
Uninter - JAPÃO - Educação a distância