Shimamura inicia liquidação do final do ano fiscal

Em liquidação arrasadora a rede Shimamura está com muitos produtos com cortes de preços.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Fachada de uma das lojas da Fashion Center Shimamura (Photozou)

A rede Fashion Center Shimamura, com centenas de lojas espalhadas pelo arquipélago, de Hokkaido a Okinawa informou sobre a liquidação na sua conta da rede social Instagram.

Publicidade

Para fechamento do ano fiscal cortou os preços dos vestuários de inverno. Caso queira comprar e guardar para o próximo ano tem meias quentinhas por ¥300 e blusas de mangas compridas por ¥700. 

Mais, calças por ¥900 – tanto femininas quanto masculinas, tênis pelo mesmo preço, bolsas por ¥700, chemisier por ¥900 e roupas infantis por uma moeda de ¥500. 

Todos esses preços serão acrescidos do imposto. Como é para queimar preços de cada um desses itens, pode ser que o estoque acabe logo.

O período da campanha é entre terça-feira (11) a domingo (16). Por isso, corra!

Boas compras!

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por しまむら (@grshimamura) em

Fonte: divulgação 

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Mortes por coronavírus passam de 1.000 na China

Publicado em 11 de fevereiro de 2020, em Ásia

O novo vírus, detectado pela 1ª vez em dezembro de 2019 na cidade chinesa de Wuhan, já matou mais pessoas do que na epidemia da SARS de 2002-2003.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

(Imagem ilustrativa/PM)

O número de mortos no surto do novo coronavírus que causa pneumonia excedeu mil na China, disseram autoridades da saúde do país nesta terça-feira (11).

Publicidade

Na província de Hubei, central da China, que tem sido o centro da epidemia, 103 novas mortes e 2.097 infecções foram reportadas, levando o total em toda a área continental para 1.016 e mais de 42.000, respectivamente.

O vírus, detectado pela primeira vez em dezembro do ano passado em Wuhan, capital da província de Hubei, já matou mais pessoas do que na epidemia da SARS de 2002-2003 que deixou doentes 8.098 indivíduos e causou a morte de 774 globalmente.

Entretanto, a taxa de mortalidade de cerca de 2% na mais recente epidemia é menor do que aquela da SARS (síndrome respiratória aguda grave), a qual registrou cerca de 10%.

O porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da China Geng Shuang disse aos repórteres na segunda-feira (10) que 27 estrangeiros na nação foram diagnosticados com o novo vírus, incluindo uma cidadã dos EUA e um japonês na faixa dos 60 anos, ambos os quais morreram no sábado (8).

No mesmo dia, um grande número de empresas e lojas reiniciaram as operações em muitas partes da China após o fim do período de feriado de Ano Novo Lunar estendido, em meio a temores persistentes de que mais pessoas pudessem ficar infectadas quando entrassem em contato com outras.

Fabricantes de veículos japonesas e outras que operam na China também retomaram o trabalho, com autoridades locais intensificando medidas para evitar a propagação do vírus, como medir a temperatura de todas as pessoas que usam transportes públicos e uso de antissépticos.

O feriado de Ano Novo Lunar começou em 24 de janeiro, mas o governo chinês disse em 27 do mesmo mês que ele seria estendido até 2 de fevereiro, visto que o número de casos de coronavírus se multiplicaram. Além disso, muitos negócios continuaram fechados na semana passada a pedido de governos locais.

Fonte: Mainichi

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
UniFCV Japão - Educação a distância
Uninter - JAPÃO - Educação a distância