Três pessoas em local de concerto em Osaka infectadas com coronavírus

O concerto ao vivo foi realizado no Osaka Kyobashi Live House Arc no distrito de Miyakojima da cidade em 15 de fevereiro.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Mulher usando máscara (ilustrativa/PM)

Um concerto ao vivo realizado em Osaka no mês passado com 100 pessoas no público pode ter sido local de transmissão do novo coronavírus, visto que 3 pessoas que estavam no evento testaram positivo para a infecção, anunciaram autoridades no sábado (29).

Publicidade

Em uma coletiva de imprensa, o governador de Osaka Hirofumi Yoshimura pediu às pessoas que estiveram no concerto que ficassem em alerta para qualquer sintoma da doença.

“Por favor, entre em contato prontamente se você começar a ter sintomas e evite sair a menos que seja necessário”, disse ele.

O concerto ao vivo foi realizado no Osaka Kyobashi Live House Arc no distrito de Miyakojima da cidade em 15 de fevereiro.

Yoshimura disse que ele divulgou o nome do local na esperança de evitar que aglomerados se espalhem, suspeitando que o lugar do concerto se tornou um foco de infecção com tantas pessoas em um local fechado.

Em 29 de fevereiro, oficiais junto aos governos provincial e municipal de Kochi anunciaram que uma enfermeira na faixa dos 30 anos que trabalha em uma clínica ortopédica e participou do concerto ao vivo em Osaka estava infectada com o vírus.

Ela ficou no local no período das 17h30 e 22h sem usar máscara cirúrgica.

Dentre esses no local em 15 de fevereiro também estavam dois homens na faixa dos 40 anos, cujas infecções haviam sido confirmadas em Sapporo no dia 25 e na província de Osaka em 27, respectivamente.

Os homens, que moram na província de Osaka, estavam entre o pessoal trabalhando no concerto. Eles estavam em um outro concerto ao vivo realizado no mesmo local no dia 16.

A esposa e a filha que frequenta a pré-escola do homem cuja infecção foi confirmada em 27 de fevereiro também testaram positivo para o coronavírus, de acordo com oficiais da província de Osaka.

A esposa, na faixa dos 40 anos, trabalha em um hospital em Higashi-Osaka.

O hospital parou de receber pacientes ambulatoriais e fechou uma creche na instalação, além de suspender serviços de cuidados de enfermagem no local no mesmo dia.

Fonte: Asahi

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Mito ou verdade que local mais quente como Okinawa tem menos risco de contágio do Covid-19?

Publicado em 2 de março de 2020, em Sociedade

É verdade que 97% dos suspeitos de Okinawa tiveram resultado negativo no exame, porém, médico explica se o que está na boca do povo é mito ou verdade.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Praia de Araha na semana anterior, com máxima de 24ºC, tinha pessoas brincando (PM)

Até o fechamento do mês de fevereiro, em 29, foram constatados 3 casos de pessoas infectadas na província de Okinawa, com último paciente detectado no dia 20. Desde então, não se registrou mais nenhuma infecção, enquanto em todo país chega a 242, além dos passageiros e tripulação do Diamond Princess. 

Publicidade

O Centro de Saúde de Okinawa realiza testes de vírus (PCR) todos os dias, das pessoas que tiveram contato mais próximos com as infectadas do navio de cruzeiro. Das 101 pessoas testadas até agora, 3 tiveram resultado positivo enquanto 98 – representam 97% – tiveram resultados negativos. 

“Okinawa é quente, então a atividade do vírus pode ser reduzida, por isso é difícil dar resultados positivos”, dizem os residentes e isso se espalhou boca a boca na província.

Certamente, o número de pacientes por província tende a ser maior nos locais frios como em Hokkaido, seguida de Tóquio, Aichi e Kanagawa, enquanto é baixo em em Kyushu e Okinawa.

Mito ou verdade

O chefe do Centro de Saúde Pública explica “as pessoas dizem que os lugares frios são altamente herméticos e facilmente infectáveis, mas realmente não sabemos”.

Continuou explicando que, por exemplo, nenhuma infecção foi confirmada na região de Tohoku até o dia 28. Mas em 29 teve o primeiro caso na cidade de Sendai, de um o passageiro que desembarcou do navio de cruzeiro Diamond Princess.

O médico Shuhei Yokoyama, do Departamento de Doenças Infecciosas do Hospital da Província de Chubu, também é cético em relação à essa teoria de que Okinawa é mais forte contra o novo coronavírus. “O número ainda é pequeno demais para dizer que a província é mais resistente ao Covid-19 por causa da temperatura mais elevada”, explicou.

Fonte: Okinawa Times

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
UniFCV Japão - Educação a distância
Uninter - JAPÃO - Educação a distância