Como proteger seu carro durante passagem do tufão

Veja os 4 pontos importantes para proteger seu veículo dos efeitos, muitas vezes devastadores, de um tufão. Ele pode ser útil na evacuação também!

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Carro de um brasileiro danificado no estacionamento, quando passou um tufão em Okinawa (cedida)

Quando o noticiário informa sobre a aproximação de um tufão, é importante pensar em cuidar do seu veículo por 2 motivos: é seu meio de locomoção e pode servir de abrigo.

Publicidade

Além disso é um bem pelo qual desembolsou uma boa quantia, então merece atenção tanto quanto cuidar da casa.

Com a aproximação do tufão o que preocupa são as rajadas de vento e as consequências da chuva, como inundação, enchente e deslizamento. E não se pode subestimar pois é frequente ver nos noticiários quedas de postes e árvores, além dos outros desastres.

Veja as dicas de um especialista japonês. 

1 – Mova seu carro ou motocicleta para um local alto

Ao contrário do terremoto que é repentino, tufões e chuvas fortes podem ser previstos até certo ponto. Ao saber da previsão e avisos emitidos pela agência pu observatório de meteorologia, tire proveito do tempo que o fenômeno vai levar para chegar à sua área e evacue para um lugar alto com seu carro o mais rápido possível, principalmente se mora perto da costa marítima, rio, encosta de montanha ou outro local de risco.

Para isso, é importante ter em mãos o hazard map (ハザードマップ), ou mapa das áreas de risco fornecidos pela prefeitura, para decidir com antecedência para onde evacuar carros e motos. Escolha um estacionamento em local alto. Em geral, os locais de evacuação indicados pelas prefeituras costumam ser seguros.

2 – Não subestime os ventos fortes

Quando o olho do tufão fica sobre a área a velocidade do vento pode chegar a 50 metros por segundo. Com 20 já fica difícil ficar de pé, pois convertendo a velocidade é de 72 km/h. Portanto, 50 m/s é igual a 180 km/h.

No caso da passagem do tufão n.º 15, em setembro do ano passado, os carros estacionados foram deslocados em dezenas de metros. É difícil prever rajadas e tornados, mas o curso e a velocidade dos tufões podem ser previstos.

Ao estacionar o carro ou motocicleta, é necessário tomar medidas contra ventos fortes, como escolher um local que fique na sombra do prédio ao invés de um local onde as rajadas criam caminhos. Deixe-o longe de postes e árvores.

3 – Essenciais dentro do carro

Nenhum carro poderá ser útil se não tiver combustível. Portanto, confira isso antes de sair e encha o tanque, caso precise se locomover para um local distante.

Além disso, você deve sempre ter uma fonte de alimentação para a cigarreira (12V), para carregar seu smartphone e outros dispositivos. Um conversor para 100V também ajuda, pois pode até usar o laptop.

Leve seu kit de emergência com água e alimentos, no porta-malas. Depois do tufão do ano passado, houve uma queda prolongada de energia elétrica e água. Os supermercados e lojas de conveniência ficaram com as prateleiras vazias.

4 – Seguro 

Se, porventura, o carro não esteja assegurado, é melhor providenciar isso. Afinal, não importa o quão preparado você esteja, seu carro pode ser danificado. O seguro é útil nesses casos.

Se está assegurado, verifique se seu plano cobre, além dos acidentes de trânsito, lesões e morte, o valor do veículo em si no caso de danos com tufões, terremoto e chuvas. Se você não tiver, caso aconteça algo, infelizmente, terá que arcar com o conserto ou troca dele. Consulte seu agente e mude o plano, se for o caso.

O seguro contra incêndio (火災保険, lê-se kasai hoken) não cobre os danos citados acima.

Cada família deve procurar se proteger da melhor forma possível. Então, tenha cuidado suficiente e previna-se!

Fonte: Yahoo!

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Classe de aulas suplementares para crianças estrangeiras de Hamamatsu

Publicado em 9 de outubro de 2020, em Educação

Uma classe de apoio escolar foi instalada em Hamamatsu para que possam aprender japonês e estudar as matérias escolares.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Cena da aula (Chunichi)

A prefeitura de Hamamatsu (Shizuoka) iniciou uma classe de apoio às crianças estrangeiras que não estão frequentando a escola primária ou ginasial por causa da crise desencadeada pela pandemia, ou àquelas que não se acostumam com o ambiente escolar. 

Publicidade

Elas recebem aulas suplementares de japonês e também um reforço para as matérias regulares, através de 5 professores, a partir das 13h até 16h30, de segunda a quarta-feira. 

Chamada de Eki-minami Kyoshitsu (駅南教室), fica no Nanbu Kyodo Center, em Naka-ku Ebitsuka. 

As classes de Sanarudai e Yuto foram criadas em 2015. Essa de Eki-minami é a terceira e aconteceu 5 anos depois. 

A prefeitura designou a Associação Internacional de Hamamatsu para assumir essa classe, a qual faz um convite “venha para a sala de aula sem preocupação ou para quem sozinho em casa”.

Da população de 800 mil da cidade, 25 mil são estrangeiros, sendo que os brasileiros são a maior comunidade, com 9,5 mil pessoas. Depois vem os filipinos com cerca de 4 mil e vietnamitas com 3,2 mil residentes.  

Fonte: Chunichi 

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância