Tailândia registra 1ª morte por Covid-19 em 2 meses, impõe restrições

Bares e casas noturnas serão forçados a fechar à meia-noite até 4 de janeiro.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Passageiros de máscara em trem na capital Bangkok, agosto de 2020 (banco de imagens PM)

A Tailândia anunciou sua primeira morte por coronavírus em cerca de 2 meses e intensificou restrições sobre entretenimento em sua capital segunda-feira (28), na tentativa de conter um surto que chegou a mais da metade das províncias do país.

Publicidade

Autoridades confirmaram 144 novas infecções na segunda-feira, visto que novos clusters surgiram decorrentes de seu maior surto, levando a uma proibição em Bangkok sobre negócios de apostas e fechamentos até a meia-noite de bares, clubes noturnos e espaços musicais até 4 de janeiro.

O surto poderia interromper os esforços para reavivar uma crucial indústria de turismo devastada pela pandemia, visto que autoridades flexibilizam algumas restrições sobre estrangeiros e oferecem incentivos para impulsionar a viagem doméstica.

A Tailândia, primeiro país fora da China a confirmar uma infecção por coronavírus, registrou apenas 6.285 casos e 61 mortes por Covid-19, tendo colocado surtos anteriores sob controle.

Seu sucesso foi atribuído a restrições rigorosas sobre turistas do exterior e rápidas realizações de testes   e rastreamentos de contato.

Fonte: Channel News Asia, News Sky

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Índice Nikkei atinge casa dos ¥27.200 e registra alta histórica

Publicado em 29 de dezembro de 2020, em Economia

Bolsa de Valores de Tóquio registra alta histórica devido às altas expectativas dos investidores na recuperação econômica.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Imagem: Nikkei

Na manhã de terça-feira (29), a Bolsa de Valores de Tóquio registrou muitos pedidos de compra, elevando o valor médio do índice Nikkei em ¥438,34 ou 1,63%. O índice atingiu o valor de ¥27.292,37, o maior número desde a bolha econômica de março de 1991.

Publicidade

Na segunda-feira (28), a bolsa de Nova Iorque registrou alta histórica nos índices Down Jones e Nasdaq ocasionada pela aprovação de pacote econômica para combate ao coronavírus de US$ 2,3 trilhões assinada pelo presidente Donald Trump.

O mercado japonês amanheceu com as altas expectativas dos investidores na recuperação econômica mais rápida do que o previsto. “A confiança dos investidores no pacote econômico emergencial dos EUA e as expectativas em relação às vacinas abriram as portas do mercado”, disse a estrategista econômico Maki Sawada da Nomura Shoken.

Os índices Nikkei 400 e TOPIX também valorizaram. A primeira seção da bolsa de Tóquio registrou o valor total de negociações de ¥1,002 trilhão, concentrado principalmente nas indústrias de serviço e logística.

Fonte: Nikkei

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
UniFCV Japão - Educação a distância
Uninter - JAPÃO - Educação a distância