Aumento da Covid-19 no Sudeste Asiático afeta companhias japonesas

Possibilidade de interrupção de produção regional se torna mais real.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Ilustrativa (banco de imagens)

Aumentos nos números de casos no Sudeste Asiático, em países como Malásia e Indonésia, começaram a afetar redes de fornecimento de companhias japonesas, com a possibilidade de interrupção de produção regional se tornando mais real.

Publicidade

Na Malásia, onde o lockdown está em curso desde 1º de junho, fábricas da Toyota e da Honda continuam fechadas. Isso se deve amplamente às normas que limitam a 10% ou menos o número de operários indo trabalhar.

Companhias japonesas também têm sido duramente afetadas na Indonésia, onde o número de infecções diárias ultrapassou os 40 mil na segunda-feira (12).

Com dificuldades para operar em capacidade total devido a restrições impostas sobre o movimento das pessoas, muitas empresas japonesas na Indonésia já estão enviando trabalhadores de volta ao Japão.

Um responsável de uma montadora japonesa no Sudeste Asiático disse que a diferença entre o coronavírus e desastres naturais é que a pandemia tem um impacto a longo termo nas redes de fornecimento e afeta várias áreas simultaneamente.

Ele disse que no Sudeste Asiático, onde as vacinações estão lentas, é difícil fazer uma previsão de 1 ano, muito menos mais longas.

A Tailândia, considerada um elemento-chave para redes de produção de companhias japonesas na região, teve um toque de recolher imposto em Bangkok desde segunda-feira. Mas isso ainda precisa ser acompanhado por fortes restrições sobre operações corporativas. Uma companhia de eletrônicos japonesa sugere que o impacto do toque de recolher deve ser limitado.

O Vietnã, que já foi amplamente considerado um país de sucesso em conter a pandemia, está vivenciando um aumento de casos em sua maior cidade, Ho Chi Minh.

Fonte: Japan Today

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Fim da estação chuvosa em Hokuriku

Publicado em 14 de julho de 2021, em Sociedade

Com o anúncio do fim dessa época, as 4 províncias entram no período mais seco e quente.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Dia ensolarado (NHK)

Antes do meio-dia de quarta-feira (14) a AMJ-Agência de Meteorologia do Japão informou sobre o fim da estação das chuvas na região Hokuriku – Fukui, Ishikawa, Toyama e Niigata.

Publicidade

O anúncio do fim desse período de umidade aconteceu 18 dias antes em relação ao ano anterior e 9 dias antes do que a época normal.  

Assim, a estação das chuvas já terminou nas partes sul e norte de Okinawa, Amami e Kyushu, região de Chugoku e depois Hokuriku.

Portanto, essas 6 áreas já entraram no verão pra valer.

Fontes: ANN e NHK

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
UniFCV Japão - Educação a distância
Uninter - JAPÃO - Educação a distância