Distribuição de alimentos para estrangeiros em dificuldades

Vários estrangeiros que perderam o trabalho por causa da epidemia do novo coronavírus, foram receber pacotes com alimentos.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Prefeitura e entidades voluntárias fazem entrega de comida (NHK)

O número de residentes estrangeiros chega a 5,5 mil, o que corresponde a 10% da população de Joso (Ibaraki). Muitos deles perderam o emprego ou tiveram salários reduzidos por causa da epidemia do novo coronavírus.

Publicidade

No domingo (25), um grupo de apoio aos estrangeiros e a prefeitura realizaram distribuição gratuita de alimentos. 

Foram preparados 130 pacotes contendo arroz, macarrão instantâneo, doces e outros, com panfleto em 11 idiomas, para a entrega.

“Trabalho como intérprete, mas com a queda de trabalho por causa do coronavírus, minha renda caiu quase pela metade. Estou muito feliz por receber comida”, disse um brasileiro de 70 anos.

“Ouvi dizer deles que valeu a pena pedalar 30 minutos de bicicleta neste calor para ganhar arroz, por isso queremos continuar com esta atividade”, disse a presidente da Associação de Amizade Japão-Vietnã. 

Fonte: NHK

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Gifu: vacinação dos estrangeiros em larga escala

Publicado em 26 de julho de 2021, em Comunidade

Os residentes estrangeiros na região de Kani e Minokamo começaram a ser vacinados. No local há intérpretes em português e em outros idiomas.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Estrangeira recebendo aplicação da primeira dose (CBC TV)

Na sexta-feira (24) foi dado início à inoculação em larga escala dos residentes estrangeiros da província de Gifu, com previsão de 6 dias.

Publicidade

Um dos locais foi a Universidade de Ciências Médicas Gifu, situada em Kani. Nesse dia, 385 pessoas das Filipinas, Brasil e Vietnã, residentes em Minokano, Kani, Toki, Tomika, Yaotsu e Shirakawa receberam a primeira dose da vacina contra o novo coronavírus. 

Intérpretes em japonês, tagalog e português estavam no local. Para atender outros idiomas foi usado o tradutor eletrônico em 20 idiomas, incluindo espanhol e vietnamita. 

Um filipino, na faixa dos 50 anos, disse “quero receber a segunda dose e me sentir aliviado o mais rápido possível”.

“Queremos criar um ambiente onde os residentes estrangeiros possam se vacinar com tranquilidade e acelerar a inoculação em toda a província”, disse um representante do governo de Gifu.

Intérprete em português no local (CBC TV)

Fontes: Yomiuri, Tokai TV e CBC TV

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância
Kumon - aprenda nihongo por correspondência