EUA processam Amazon por vender produtos perigosos

Grande parte das companhias que venderam os produtos perigosos nos site da Amazon nos EUA é estrangeira.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Um depósito da Amazon (banco de imagens)

A Comissão de Segurança de Produtos do Consumidor dos EUA (CPSC) diz que a Amazon está vendendo produtos perigosos aos seus clientes. A fiscalizadora de segurança federal está processando a gigante do e-commerce.

Publicidade

Dentre os produtos citados na ação judicial estão detectores de monóxido de carbono com falhas no alarme, vários pijamas de crianças que podem pegar fogo e cerca de 400 mil secadores de cabelo que poderiam eletrocutar pessoas se caíssem na água.

Os produtos citados não são vendidos diretamente pela Amazon – eles são comercializados por terceiros que usam a plataforma.

Grande parte dessas companhias que venderam os produtos perigosos citados pela CPSC é estrangeira, e a agência tem habilidade limitada para forçar um recall de seus produtos que são considerados perigosos.

A queixa atribui que a Amazon não parou de vender os produtos quando notificada pela CPSC e que ela notificou compradores dos produtos sobre os perigos, ofercendo a eles reembolso. Mas a queixa diz que “as ações unilaterais da Amazon são insuficientes para remediar os perigos representados pelos produtos”.

A Amazon disse que a companhia toma ação rápida quando fica sabendo sobre problemas de segurança com produtos vendidos no site, tanto pela Amazon quanto terceirizados.

Ela disse que nos casos em que ela não fez o recall de itens foi por que a “CPSC não forneceu informação suficiente para tomarmos ação, apesar de nossos pedidos. Ela disse que ofereceu à Amazon expandir suas capacidades de lidar com recall de produtos.

“Estamos incertos sobre por que a CPSC rejeitou a oferta ou por que ela moveu uma ação buscando nos forçar a tomarmos ações quase que inteiramente repetidas daquelas que já havíamos tomado”, disse a companhia em uma declaração.

Fonte: CNN

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Motociclista atropela duas pessoas e todos morrem

Publicado em 16 de julho de 2021, em Acidentes

Duas pessoas que atravessavam a rodovia, sem faixa de pedestre, foram atropeladas por uma moto.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Sinalização de acidente (Kanagawa Shimbun)

Por volta das 23h40 de quinta-feira (15), uma motocicleta atropelou dois pedestres que atravessavam a rodovia nacional 134, à beira-mar, em Tsujido, cidade de Fujisawa (Kanagawa).

Publicidade

Com o choque, o motociclista 吉原将 (Hitoshi Yoshihara), 38, assalariado, foi jogado e bateu em um carro de passeio. Ele e as duas vítimas – mulher de 55 e homem de 49, ambos desempregados, de Tóquio – foram socorridos, mas nenhum deles resistiu. Mais tarde o hospital comunicou a morte dos três.

A motorista do carro de passeio atingido, universitária de 21 anos, de Kamakura, saiu ilesa.

Segundo a polícia, o local é uma linha reta sem passagem para pedestres. O motociclista estava em touring com outros companheiros, no trecho entre Fujisawa a Kayagasaki.

A causa do acidente fatal está sendo detalhadamente investigada.

Fontes: ANN e Kanagawa Shimbun

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância
Kumon - aprenda nihongo por correspondência