Brasileiro é condenado a 23 anos de prisão por matar japonesa em Goiás

O réu confessou que queria roubá-la para comprar drogas, mas como não tinha, a estrangulou.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Jovem de bicicleta é o criminoso e o local onde o corpo foi encontrado (JNN)

No julgamento do réu que matou a japonesa Hitomi Akamatsu, 43 anos, em Abadiânia, estado de Goiás, Brasil, o juiz bateu o martelo para 23 anos de reclusão a Rafael Lima da Costa, 19 anos.

Publicidade

Ela estava temporariamente na cidade para tratamento na Casa Dom Inácio e seu corpo foi encontrado próximo a uma cachoeira, em novembro do ano passado.

O jovem que na ocasião tinha 18 anos, irá cumprir pena por roubo e ocultação de cadáver. A suposta agressão sexual apontada pela promotoria foi rejeitada devido à insuficiência de evidências.

No tribunal, o réu afirmou que atacou a japonesa com o propósito de roubar dinheiro para comprar drogas, mas como ela não tinha, decidiu estrangulá-la.

Fonte: JNN

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Gifu: clusters em festas de estrangeiros

Publicado em 13 de setembro de 2021, em Sociedade

Além dos clusters em ambientes de trabalho e creche, ocorreram também por causa das festas nas residências dos estrangeiros.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

SARS-CoV-2 (Public Domain Pictures)

Embora os números de novos casos de infecção pelo coronavírus na província de Gifu estejam em queda, comparando com a segunda quinzena de agosto, o que preocupa são os clusters. No sábado (11) foram 153 testados positivo e no domingo (12), 64. 

Publicidade

Vem ocorrendo clusters de infecção em ambientes de trabalho, creche e instalações de atendimento aos idosos, mas também em reuniões entre familiares e amigos, cujos participantes são estrangeiros.

No sábado foi divulgado sobre um cluster ocorrido em decorrência de uma festa de aniversário realizada em uma residência na cidade de Minokamo, no dia 4 deste mês. Das 29 pessoas, 14 testaram positivo, e depois um colega de trabalho também teve resultado positivo após contato com um desses participantes. No domingo, foi confirmado mais um caso dessa festa, portanto, somam 16 infectados.

Em uma creche na cidade de Kani, descobriu-se que 5 crianças, 1 membro da equipe, 10 membros da família e seus amigos se infectaram com o novo coronavírus. De acordo com a informação do governo de Gifu, uma parte dos testados positivo participou de uma festa no dia 2 deste mês, entre familiares e amigos, maioria estrangeira.

Outro cluster foi confirmado em Ogaki. Soube-se que 2 famílias, no total de 8 estrangeiros, se reuniram para fazer uma refeição no dia 5 deste mês e 6 deles testaram positivo.

Gráfico mostra novos casos diários em Gifu, em queda (News Digest)

Fontes: Tokai TV e Gifu Shimbun

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância
Kumon - aprenda nihongo por correspondência