Mortes por Covid-19 na Europa podem passar de 2,2 milhões até março de 2022

Alto número de pessoas não inoculadas, variante Delta e o relaxamento de medidas de higiene estavam entre os fatores alimentando a alta transmissão na Europa.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Pessoas de máscara em praça na Alemanha (banco de imagens)

A Organização Mundial da Saúde – OMS disse na terça-feira (23) que mais 700 mil pessoas poderiam morrer por Covid-19 na Europa até março de 2022, levando o total acima de 2,2 milhões, enquanto ela pede às pessoas que se vacinem e tomem os reforços se oferecidos.

O número cumulativo de mortes em decorrência da doença respiratória nos 53 países da região europeia da OMS já ultrapassou de 1,5 milhão, disse a organização, com a taxa diária dobrando do fim de setembro para 4,2 mil por dia.

“O número cumulativo de mortes está projetado para alcançar 2,2 milhões até a primavera do próximo ano, baseado em tendências atuais”, disse a OMS, acrescentando que a Covid-19 é agora a principal causa de morte regional.

Tensão alta ou extrema em unidades de terapia intensiva (UTIs) é esperada em 49 de 53 países até 1º de março, acrescentou a OMS.

França, Espanha e Hungria estavam entre os países que devem vivenciar tensão extrema no uso de UTIs no início de 2022, de acordo com dados citados pela OMS Europa.

A Holanda começou a transportar pacientes de Covid-19 até a Alemanha na terça-feira, visto que a pressão aumenta em hospitais e as infecções sobem a níveis recordes. A Áustria começou seu 4º lockdown na segunda-feira (22).

De acordo com a OMS, um alto número de pessoas não inoculadas, assim como “proteção induzida por vacina reduzida” estavam entre os fatores alimentando a alta transmissão na Europa junto com a dominância da variante Delta e o relaxamento de medidas de higiene.

Fonte: Channel News Asia

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Shizuoka: incêndio na fábrica onde trabalham estrangeiros

Publicado em 24 de novembro de 2021, em Sociedade

Uma fábrica situada em Kakegawa foi danificada pelo fogo, mas não houve feridos.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Bombeiros em ação para combater as chamas (Daiichi TV)

Após as 17h de terça-feira (23), feriado, ocorreu um incêndio na fábrica Japan Plastics, situada em Hamano, cidade de Kakegawa (Shizuoka).

A ocorrência foi relatada por uma pessoa da vizinhança, a qual ligou para o 119 dizendo “tem fumaça preta e fogo subindo uns 5 metros”.

Mais de 10 unidades de combate foram enviadas para o local e até a noite o trabalho de extinção ainda não tinha sido concluído.

De acordo com a polícia e os bombeiros, a fábrica de dois andares, com estrutura de aço, queimou parcialmente. Os materiais plásticos que estavam do lado de fora foram todos queimados. 

Na ocasião havia trabalhadores estrangeiros na fábrica, mas ninguém se feriu.   

A causa do incêndio não foi informada.

Fontes: SUT TV e Daiichi TV

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - Japão
Info para brasileiros de Mie-ken
Kumon - aprenda japonês e tenha oportunidades