Austrália registra 1ª morte pela variante ômicron do coronavírus

Austrália tem 1ª morte pela ômicron, mas as autoridades evitaram impor novas restrições, dizendo que as taxas de hospitalização continuaram baixas.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Ilustrativa (banco de imagens)

Nesta segunda-feira (27), a Austrália confirmou a primeira morte pela variante ômicron da Covid-19 em meio a um outro aumento nas infecções diárias, mas as autoridades evitaram impor novas restrições, dizendo que as taxas de hospitalização continuaram baixas.

Publicidade

A morte, de um homem na faixa dos 80 anos com condições de saúde subjacentes, marcou um acontecimento duro para o país que teve que pausar algumas fases de sua reabertura após cerca de 2 anos de lockdowns que paravam e começavam, devido ao novo surto.

A variante ômicron, a qual especialistas da saúde dizem parecer mais contagiosa, mas menos virulenta do que cepas anteriores, começou a se espalhar no país bem quando ele suspendeu as restrições na maioria de suas fronteiras nacionais e permitiu aos australianos retornarem do exterior sem quarentena, conduzindo o número de casos para o maior da pandemia.

Fonte: Japan Times

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Cientistas usam folhas de tabaco no desenvolvimento de vacina contra a ômicron

Publicado em 27 de dezembro de 2021, em Ásia

Desenvolvedores dizem que o benefício do tabaco é que ele pode ser cultivado em quase qualquer lugar do mundo a baixo custo.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Folhas de tabaco (ilustrativa/banco de imagens)

Cientistas na Tailândia estão desenvolvendo uma vacina à base de plantas para combater a variante ômicron.

Publicidade

Testes da vacina contra Covid-19, que usa folhas de tabaco, começaram em 2020 e a próxima rodada de ensaios clínicos com humanos está programada para a primavera.

A variedade de tabaco australiana de baixa nicotina é diferente do tipo usado em cigarros.

As folhas cultivadas são usadas como hospedeiras para produzir proteínas que imitam o vírus da Covid-19. As folhas são misturadas e a proteína é extraída.

Quando a vacina resultante é injetada em humanos ela estimula anticorpos os quais nossos corpos podem usar para combater o vírus real no futuro.

A equipe diz que o benefício das plantas de tabaco, principalmente para países de baixa renda, é que elas podem ser cultivadas em qualquer lugar do mundo a baixo custo.

Fonte: News Sky

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância