Cientistas usam folhas de tabaco no desenvolvimento de vacina contra a ômicron

Desenvolvedores dizem que o benefício do tabaco é que ele pode ser cultivado em quase qualquer lugar do mundo a baixo custo.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Folhas de tabaco (ilustrativa/banco de imagens)

Cientistas na Tailândia estão desenvolvendo uma vacina à base de plantas para combater a variante ômicron.

Publicidade

Testes da vacina contra Covid-19, que usa folhas de tabaco, começaram em 2020 e a próxima rodada de ensaios clínicos com humanos está programada para a primavera.

A variedade de tabaco australiana de baixa nicotina é diferente do tipo usado em cigarros.

As folhas cultivadas são usadas como hospedeiras para produzir proteínas que imitam o vírus da Covid-19. As folhas são misturadas e a proteína é extraída.

Quando a vacina resultante é injetada em humanos ela estimula anticorpos os quais nossos corpos podem usar para combater o vírus real no futuro.

A equipe diz que o benefício das plantas de tabaco, principalmente para países de baixa renda, é que elas podem ser cultivadas em qualquer lugar do mundo a baixo custo.

Fonte: News Sky

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Suporte ao governo de Kishida aumenta; público apoia suas medidas anticoronavírus

Publicado em 27 de dezembro de 2021, em Sociedade

O público tem recebido bem suas medidas anticoronavírus, incluindo fechamentos temporários de fronteiras a novas entradas estrangeiras.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

O primeiro-ministro do Japão, Fumio Kishida (banco de imagens)

Cerca de dois terços dos eleitores no Japão apoiam o governo do primeiro-ministro Fumio Kishida, com o público recebendo bem suas medidas anticoronavírus, incluindo fechamentos temporários de fronteiras a novas entradas estrangeiras, divulgou nesta segunda-feira (27) o site Nikkei.

Publicidade

O suporte ao governo do gabinete de Kishida aumentou para 65%, alta de 4 pontos percentuais em relação à pesquisa anterior há um mês, disse o jornal.

Na mais recente pesquisa realizada de 24 a 26 de dezembro, 61% dos entrevistados avaliaram positivamente as medidas anticoronavírus de Kishida, o maior número desde fevereiro de 2020 quando o Nikkei começou a perguntar as opiniões públicas sobre a resposta do governo à Covid-19.

Em meio à emergência global da altamente transmissível variante ômicron do coronavírus, Kishida anunciou no fim de novembro que o Japão estava barrando a entrada de estrangeiros por cerca de um mês.

Na semana passada, ele estendeu a medida até o feriado de fim e início de ano.

 Fonte: Asia Nikkei

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância