Coreia do Sul autoriza uso de emergência de tratamento oral da Pfizer contra Covid-19

O país restabeleceu duros controles de distanciamento na semana passada, após uma série de novas infecções diárias.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

O Paxlovid foi autorizado na Coreia do Sul (ilustrativa/banco de imagens)

A Coreia do Sul autorizou o uso de emergência de medicamento antiviral da Pfizer para tratar a Covid-19 como o primeiro do tipo a ser introduzido no país, disse o Ministério de Alimentos e Segurança de Medicamentos nesta segunda-feira (27).

Publicidade

O país restabeleceu duros controles de distanciamento na semana passada após abrandá-los em novembro, na sequência de uma série de novas infecções diárias e casos graves que sobrecarregaram serviços médicos, apesar de uma taxa de vacinação de mais de 92% daqueles com mais de 18 anos.

O tratamento oral da Pfizer, o Paxlovid, deve “ajudar a prevenir agravamento das condições de saúde de pacientes internados em centros de tratamento ou em casa”, ao diversificar cuidados destinados ao coronavírus além de injeções atualmente usadas  no campo, disse o ministro da saúde Kim Gang-lip em uma coletiva de imprensa.

Fonte: Japan Times

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Austrália registra 1ª morte pela variante ômicron do coronavírus

Publicado em 27 de dezembro de 2021, em Notícias do Mundo

Austrália tem 1ª morte pela ômicron, mas as autoridades evitaram impor novas restrições, dizendo que as taxas de hospitalização continuaram baixas.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Ilustrativa (banco de imagens)

Nesta segunda-feira (27), a Austrália confirmou a primeira morte pela variante ômicron da Covid-19 em meio a um outro aumento nas infecções diárias, mas as autoridades evitaram impor novas restrições, dizendo que as taxas de hospitalização continuaram baixas.

Publicidade

A morte, de um homem na faixa dos 80 anos com condições de saúde subjacentes, marcou um acontecimento duro para o país que teve que pausar algumas fases de sua reabertura após cerca de 2 anos de lockdowns que paravam e começavam, devido ao novo surto.

A variante ômicron, a qual especialistas da saúde dizem parecer mais contagiosa, mas menos virulenta do que cepas anteriores, começou a se espalhar no país bem quando ele suspendeu as restrições na maioria de suas fronteiras nacionais e permitiu aos australianos retornarem do exterior sem quarentena, conduzindo o número de casos para o maior da pandemia.

Fonte: Japan Times

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância