Governo pede cancelamento das novas reservas dos voos internacionais que chegam ao Japão

O pedido foi feito às companhias aéreas que operam voos internacionais para o Japão.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Imagem ilustrativa de aeroporto (FNN)

O MLIT-Ministério de Terras, Infraestrutura, Transporte e Turismo informou na tarde de quarta-feira (1.º) sobre a solicitação de suspensão das novas reservas de todos os voos internacionais que chegam ao Japão até o final de dezembro.

Publicidade

Essa foi mais uma medida das fronteiras com a finalidade de evitar a propagação da variante ômicron do novo coronavírus. 

Com essa medida, os japoneses que costumam retornar do exterior para passar as festas de final e começo de ano e que não tinham feito reserva serão impedidos de voltar. “É uma medida de precaução emergencial”, explicou o ministério.

Limite de passageiros estrangeiros por dia

Além de não permitir a entrada dos estrangeiros com novo visto no Japão, incluindo a reentrada para os com status de residente, de 10 países, até 30 deste mês, limitou o número de passageiros estrangeiros para até 3,5 mil por dia

Em resposta a isso, a ANA-All Nippon Airways e a JAL-Japan Airlines já tomaram medidas para cancelar a aceitação de novas reservas de voos internacionais a partir de quarta-feira.

De acordo com as companhias aéreas, o número de reservas para voos de chegada aumentou em dezembro porque os japoneses que vivem no exterior passam os feriados de fim de ano e ano novo no país.

Segundo as fontes, as reservas que já foram concluídas não serão canceladas.

Segundo o ministério, essa solicitação pode ser revisada futuramente dependendo da situação da infecção. Mas, até quarta-feira já foram confirmados 2 casos da variante ômicron no Japão.

Fontes: NHK e FNN

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Hong Kong endurece regras de entrada de viajantes do Japão

Publicado em 1 de dezembro de 2021, em Ásia

Os não residentes que estiveram no Japão dentro das 3 últimas semanas não terão permissão para entrar em Hong Kong a partir de sexta-feira (3).

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Área de check-in vazia do Aeroporto de Hong Kong (banco de imagens)

O governo de Hong Kong disse que endureceu suas regras de entrada e quarentena para pessoas que viajam do Japão. O anúncio ocorreu após o Japão ter confirmado seu primeiro caso da variante ômicron do coronavírus.

Publicidade

Os não residentes, disse o governo de Hong Kong, que estiveram no Japão dentro das três últimas semanas não terão permissão para entrar na nação a partir de sexta-feira (3).

O período de quarentena em hotéis para residentes de Hong Kong vacinados que retornam do Japão será estendido de 14 para 21 dias.

Suécia e Portugal também são países sujeitos às mesmas restrições.

Hong Kong já anunciou proibições sobre entrada de não residentes de alguns países africanos e europeus após ter confirmado três casos da variante ômicron em novembro.

Dois dos casos envolveram viajantes da África do Sul e Nigéria. Uma terceira pessoa testou positivo enquanto estava de quarentena em um hotel.

O governo de Hong Kong diz que a variante não se espalhou na cidade. Infecções por coronavírus tem sido mantidas sob controle no território autônomo da China desde julho.

Fonte: NHK

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância