Japão: prorrogação das medidas restritivas nas fronteiras

As restrições de entrada de estrangeiros nos aeroportos deverá continuar em janeiro. Além disso, o governo informou sobre novas medidas.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Imagem meramente ilustrativa de placa indicando chegada de voo internacional (Flickr)

Em entrevista coletiva na terça-feira (21), o primeiro-ministro do Japão, Fumio Kishida disse que “por enquanto” prorrogará as medidas restritivas nos aeroportos e portos, em relação à suspensão da nova entrada de estrangeiros do mundo. Essas medidas valeriam até o último dia do ano.

Publicidade

“A avaliação científica da infecciosidade e do risco de agravamento da variante ômicron ainda não foi estabelecida”, justificou o motivo.

Informou que fará análise das amostras de todas as pessoas que testaram positivo para o novo coronavírus, para verificar a presença da variante.

Fumio Kishida, na terça-feira (FNN)

Em relação às pessoas consideradas contatos próximos daquelas que testaram positivo com a variante ômicron deverão cumprir quarentena de 14 dias em instalação indicada e não mais em casa.

Indicou que continuará coletando informações sobre a ômicron, irá adiantar a vacinação da dose de reforço e tomará medidas como a disseminação dos medicamentos orais

A terceira dose da vacinação vai encurtar o intervalo de vacinação atual, que é de 8 meses em princípio, para um total de cerca de 31 milhões de pessoas, profissionais da área de saúde e idosos.  

Fontes: FNN e NHK

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Homem é expulso de voo por usar calcinha como máscara

Publicado em 22 de dezembro de 2021, em Notícias do Mundo

Adam Jenne, de 38 anos, disse à mídia que colocou a calcinha no rosto para desafiar a ordem federal nos EUA em relação ao uso de máscara.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Imagens do Twitter mostram o homem usando calcinha vermelha no rosto em um voo da United Airlines (Twitter/@Channing_TV)

Um homem foi retirado de um voo da United Airlines em 16 de dezembro após ele ter usado uma calcinha vermelha como máscara.

Publicidade

Adam Jenne, de 38 anos, da Flórida, foi solicitado a desembarcar de um voo que partiria do Aeroporto Internacional de Fort-Lauderdale-Hollywood após entrar em conflito com as comissárias, divulgou a WSVN 7 News Miami da rede Fox.

Em um vídeo circulando no Twitter, Jenne pôde ser visto usando uma calcinha vermelha em seu rosto. Uma comissária se aproximou dele e pediu que desembarcasse por não cumprimento das exigências da companhia aérea.

Jenne disse ao WSVN 7 News que ele estava usando a calcinha em seu rosto ao invés da máscara para desafiar a obrigatoriedade de uso do acessório de proteção em voos.

“Ao ilustrar a o absurdo de usar roupa íntima feminina no meu rosto pareceu perfeito”, disse Jenne.

Jenne também disse que havia usado roupa íntima em seu rosto em mais de um voo e que na maioria das vezes teve permissão para viajar.

Ele também disse ao WSVN 7 News que depois recebeu um email da United Airlines, o qual dizia que ele estava sendo barrado de voar pela companhia aérea enquanto seu caso era revisado.

Fonte: Insider

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância