Tailândia reimpõe quarentena para todos os turistas internacionais

A ação do governo tailandês segue a confirmação de mais de 60 casos de ômicron entre viajantes do exterior.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Novas restrições causarão impacto na Tailândia que já vinha sofrendo com a falta de turistas (NHK)

O governo tailandês diz que está reintroduzindo quarentena para todos os turistas internacionais na chegada devido à propagação da variante ômicron do coronavírus.

Publicidade

Em novembro, o governo havia suspendido exigência de quarentena para turistas de 63 países e regiões em um esforço para reconstruir a economia da Tailândia prejudicada pela pandemia. Apenas pessoas completamente vacinadas eram elegíveis para solicitar a isenção.

O governo anunciou que não aceitaria mais solicitações para a isenção a partir desta quarta-feira (22). A ação segue a confirmação de mais de 60 casos de ômicron entre viajantes do exterior.

Todos os turistas que não solicitaram a isenção terão que se isolar em hotéis por pelo menos 7 dias após a entrada no país.

Entretanto, há preocupação na indústria do turismo em relação ao potencial impacto das novas restrições.

Mais de 80% dos viajantes internacionais que entraram na Tailândia até agora em dezembro vieram do programa de isenção.

Fonte: NHK

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Japão: prorrogação das medidas restritivas nas fronteiras

Publicado em 22 de dezembro de 2021, em Sociedade

As restrições de entrada de estrangeiros nos aeroportos deverá continuar em janeiro. Além disso, o governo informou sobre novas medidas.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Imagem meramente ilustrativa de placa indicando chegada de voo internacional (Flickr)

Em entrevista coletiva na terça-feira (21), o primeiro-ministro do Japão, Fumio Kishida disse que “por enquanto” prorrogará as medidas restritivas nos aeroportos e portos, em relação à suspensão da nova entrada de estrangeiros do mundo. Essas medidas valeriam até o último dia do ano.

Publicidade

“A avaliação científica da infecciosidade e do risco de agravamento da variante ômicron ainda não foi estabelecida”, justificou o motivo.

Informou que fará análise das amostras de todas as pessoas que testaram positivo para o novo coronavírus, para verificar a presença da variante.

Fumio Kishida, na terça-feira (FNN)

Em relação às pessoas consideradas contatos próximos daquelas que testaram positivo com a variante ômicron deverão cumprir quarentena de 14 dias em instalação indicada e não mais em casa.

Indicou que continuará coletando informações sobre a ômicron, irá adiantar a vacinação da dose de reforço e tomará medidas como a disseminação dos medicamentos orais

A terceira dose da vacinação vai encurtar o intervalo de vacinação atual, que é de 8 meses em princípio, para um total de cerca de 31 milhões de pessoas, profissionais da área de saúde e idosos.  

Fontes: FNN e NHK

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância