Universitária morre por queimaduras causadas durante produção da obra de arte

O incidente foi no dia 22, quando teve queimaduras graves. Morreu no hospital, na quinta-feira.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Imagem meramente ilustrativa de uso de esmerilhadeira elétrica (PxHere)

De acordo com informações da polícia, depois das 14h do dia 22, a estudante universitária 西岡洸, 21, do terceiro ano da Bunsei University of Art, em Utsunomiya (Tochigi), sofreu queimaduras graves durante a aula.

Publicidade

Ela estava manuseando uma placa de ferro com uma esmerilhadeira elétrica durante uma aula para criar uma obra de arte. As fagulhas respingaram e queimaram a sua roupa.  

Depois de apagado o fogo a universitária foi socorrida para o hospital, onde esteve internada, mas morreu pelas graves queimaduras, na quinta-feira (30).  

A polícia não informou a situação detalhada no momento dessa ocorrência, como se ela estava sozinha ou se havia outras pessoas no local.  

Mas, foi aberta investigação para verificar se houve algum problema com a gestão de segurança da universidade.

Fontes: Yomiuri, NHK e ANN

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Casal é condenado à morte após o pai jogar seus dois filhos da janela de apartamento

Publicado em 31 de dezembro de 2021, em Sociedade

O casal chinês foi condenado à morte por matar os dois filhos do homem para que eles pudessem começar uma nova família.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Zhang Bo jogou seus dois filhos, de 1 e 2 anos, da janela do apartamento no 14º andar do prédio onde morava (Daily Mail)

Um casal na China foi condenado à morte por conspirar para matar os dois filhos do homem de seu primeiro casamento – simplesmente para que eles pudessem começar uma nova família.

Publicidade

O homem e a mulher “violaram os limites da lei e da moral” pelo ato que causou “uma influência social terrível”, disse um tribunal chinês enquanto transmitia a sentença na terça-feira (28).

Zhang Bo, de 27 anos, se envolveu em um relacionamento extra conjugal com Ye Chengchen do município de Chongqing e logo após se divorciar da sua então esposa Chen Meilin em fevereiro no ano passado, o novo casal decidiu matar as crianças.

O pai jogou seus filhos, um menino de 1 ano e uma menina de 2, da janela do 14º andar do prédio onde morava em novembro do ano passado após levar os dois para seu apartamento.

A mídia local divulgou que Ye também foi acusada de assassinato e condenada à morte porque ela forçou Zhang a matar as crianças, segundo o tribunal.

O tribunal disse que Ye não queria que seu futuro marido tivesse crianças de outra mulher.

Ye e Zhang iniciaram um relacionamento em 2019. Ye teria pedido a Zhang que matasse suas duas crianças em várias ocasiões porque seu pais eram contra ela se casar com um homem que já tivesse filhos.

Uma das crianças morreu no local enquanto a outra foi declarada morta no hospital.

Fonte: The Independent, Daily Mail

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância