Aéreas japonesas alertam que lançamento do 5G pode interromper voos dos EUA

Teme-se amplamente que o lançamento do 5G nos EUA nesta quarta-feira (19) afete os sistemas de navegação dos aviões.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Ilustrativa (banco de imagens)

A All Nippon Airways – ANA e a Japan Airlines – JAL se juntaram a principais companhias aéreas americanas na terça-feira (18) em alertar que o lançamento de novos serviços 5G nos aeroportos dos EUA poderia interromper seus voos operados por Boeings 777.

Publicidade

Teme-se amplamente que o planejado lançamento dos serviços de telecomunicação nesta quarta-feira (19) afete os sistemas de navegação dos aviões.

A ANA disse que poderá cancelar até 20 voos de passageiros e de carga de e para os aeroportos de Haneda e Narita no Japão na quinta-feira (20), enquanto a JAL decidiu não operar 3 voos de passageiros e 5 de carga nesta quarta-feira.

A ANA e a JAL disseram que a preocupação com a navegação não afeta suas operações em outros aeroportos nacionais e que elas não receberam quaisquer relatos de problemas durante voos no Japão ou Europa onde serviços 5G já foram lançados.

A gigante americana aeroespacial Boeing Co. informou companhias aéreas que o 5G poderia interferir potencialmente com equipamento sensível de aeronaves como radioaltímetros.

Aeronaves Boeing 777 são amplamente usadas por muitas companhias aéreas em rotas de longa distância como aquelas que conectam a Ásia e a América do Norte.

Fonte: News and Culture

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Primeira morte de paciente infectado pela ômicron, em Nagoia

Publicado em 19 de janeiro de 2022, em Sociedade

O paciente estava em tratamento domiciliar em Nagoia, se tratando da covid. Mas, depois constatou-se que era da variante ômicron.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Micrografia eletrônica de uma célula infectada com SARS-COV-2, do NIH-National Institute of Allergy and Infectious Diseases (Flickr)

Segundo informações da prefeitura de Nagoia (Aichi), de terça-feira (18), foi confirmada a variante ômicron no paciente com covid que morreu no dia 12 deste mês.

Publicidade

O homem, na faixa dos 70 anos, apresentou sintomas de febre, mal-estar geral e dor de cabeça, em 10 deste mês. No dia seguinte, fez um teste de antígeno no hospital onde fazia tratamento, testou positivo, embora tivesse sido vacinado com as duas doses.

O homem tinha comorbidades, como diabetes, mas como o diagnóstico foi de sintomas leves, foi ministrado um medicamento de anticorpos neutralizantes e voltou para casa.

O Centro de Saúde de Nagoia deu ao homem informações de contato de emergência e disse que entraria em contato com ele na manhã do dia seguinte.

O hospital comunicou da situação do paciente ao assistente social que cuidava dele. Por isso, foi até a casa dele por volta das 10h do dia 12.

Como não respondeu, chamou a emergência. Quando os paramédicos chegaram já o encontraram morto.

Fonte: CBC TV

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância