Atletas são alertados a usarem telefones descartáveis nos Jogos de Pequim

Um app que deve ser instalado pelos participantes dos Jogos contém falhas de segurança, dizem analistas.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Iustrativa (banco de imagens)

O app das Olimpíadas de Inverno de Pequim que todos os participantes dos Jogos devem usar, contém falhas de segurança que deixam os usuários expostos à violação de dados, dizem analistas.

Publicidade

O My2022 será usado pelos atletas, membros do público e mídia para monitoramento diário da covid-19.

Entretanto, o grupo de cibersegurança Citizen Lab diz que o app falha em fornecer criptografia em muitos de seus arquivos. A China descartou as preocupações.

Pessoas que participarem das Olimpíadas de Pequim, com início programado para 4 de fevereiro, devem trazer telefones descartáveis e criarem e-mails para o tempo que ficarem na China, disse na terça-feira (18) a empresa de cibersegurança da Internet 2.0.

Vários países também teriam orientado seus atletas a deixarem seus telefones principais em casa.

Todos que participarem dos Jogos devem fazer o download do app 14 dias antes da partida para a China, e usá-lo para registrar seus status diários sobre a covid-19.

A Citizen Lab disse que falhas de transmissão no software do app poderiam levar a uma fácil exploração de dados por um hacker, se visado.

Em uma reportagem, a empresa enfatizou a necessidade de usar um telefone descartável e orientou as pessoas a não usarem esses dispositivos após saírem da China.

Fonte: BBC

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Tonga sofreu um desastre sem precedentes

Publicado em 19 de janeiro de 2022, em Notícias do Mundo

Até o momento foram confirmadas 3 mortes por causa do tsunami, o qual chegou a 3 metros de altura, devastando uma parte das ilhas.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Ilhas de Atata e Nomuka em Tonga devastadas (New Zealand Air Force)

Um representante da ONU, encarregado do apoio local, realizou uma coletiva de imprensa online, de Fiji, na quarta-feira (19), para explicar sobre os danos causados pela erupção vulcânica do Hunga Tonga Hunga Ha’apai no Pacífico Sul. 

Publicidade

O responsável revelou que o trabalho de remoção das cinzas vulcânicas acumuladas no aeroporto está difícil, muito mais do que se imaginava, e os suprimentos de socorro não puderam ser transportados por aeronaves.

A erupção vulcânica submarina, em grande escala, perto de Tonga, em 15 deste mês, causou danos materiais sem precedentes. Até a noite de terça-feira (18) foram confirmadas 3 mortes, incluindo a voluntária britânica Angela Glover, e muitos estão feridos, mas não se sabe o número exato, pois o país está sem comunicação.

Ele enfatizou que levará vários dias para que os navios cheguem da Nova Zelândia e de outros países, e que é urgente remover as cinzas da pista para transportar prontamente suprimentos de emergência, como água potável, pois as cinzas vulcânicas contaminaram a água.

Além disso, o responsável disse que o governo tonganês está tomando medidas rigorosas na fronteira por causa do novo coronavírus, portanto, nenhum novo pessoal será enviado.

Até agora são 20 funcionários da ONU em trabalho de campo desde a erupção. Por outro lado, expressou sua intenção de continuar o apoio entrando em contato com a equipe, por telefone via satélite.

Danos devastadores em Tonga

Porto de Nuku, na ilha principal de Tonga, destruído (gov.)

O noticiário SBS mostrou uma foto de prédios desmoronados, aeroporto coberto de cinzas e danos catastróficos no litoral. As primeiras imagens de Tonga mostram um quadro sombrio.

O Presidente da Assembleia Legislativa de Tonga, Lord Fatafehi Fakafānua, explicou que “as ondas tinham de cinco a 10 metros de altura, o que é muito mais alto do que a maioria das casas. Então, só podemos imaginar a devastação e o medo das pessoas tentando fugir para salvar suas vidas“, disse ele para a SBS News.

Os danos foram devastadores nas ilhas do norte“, avalia.

Fontes: NHK e SBS

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância