Brasileiro é preso em Gunma, suspeito de incêndio criminoso

Segundo a informação da polícia, ele teria um comparsa para o incêndio que danificou 2 carros e parte de uma casa.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Imagem ilustrativa (PM)

Na segunda-feira (3), a delegacia de polícia de Oizumi prendeu um brasileiro de 47 anos, arubaito, residente em Yatsutajima-machi, cidade de Isesaki (Gunma), cujo nome não foi divulgado.

Publicidade

É suspeito de tentativa de incêndio criminoso em um edifício em Sakada, cidade de Oizumi, na tarde de sábado (31). Um veículo kei foi totalmente incendiado e outro foi parcialmente queimado, assim como uma parte de uma casa próxima.

Há suspeita de que tenha provocado o incêndio com mais uma pessoa. 

Fonte: Jomo Shimbun

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Recém-nascido é encontrado em lata de lixo de banheiro de avião

Publicado em 4 de janeiro de 2022, em Notícias do Mundo

Uma jovem de 20 anos de Madagascar, suspeita de ter dado à luz no voo da Air Mauritius, foi presa.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Uma aeronave da Air Mauritius (banco de imagens)

Funcionários de um aeroporto nas Ilhas Maurício encontraram um recém-nascido abandonado dentro de uma lata de lixo do banheiro de um avião.

Publicidade

Uma jovem de 20 anos de Madagascar, suspeita de ter dado à luz no voo, foi presa.

O avião da Air Mauritius, que veio de Madagascar, pousou no Aeroporto Internacional Sir Seewoosagur Ramgoolam em 1º de janeiro.

Funcionários do aeroporto fizeram a descoberta quando examinavam o avião para um controle aduaneiro de rotina.

Eles levaram o bebê às pressas a um hospital público para receber tratamento.

A mulher suspeita de ser a mãe da criança, que inicialmente negou que o menino era dela, foi submetida a um exame médico o qual confirmou que ela tinha acabado de dar à luz.

Ela foi colocada sob vigilância da polícia no hospital. Ela e o bebê passam bem.

A mulher de Madagascar, que chegou às Ilhas Maurício com uma permissão de trabalho de 2 anos, será questionada após ela receber alta do hospital e acusada por abandono de recém-nascido.

Fonte: BBC

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Kumon - aprenda japonês e tenha oportunidades