Canadá: Quebec vai cobrar imposto de não vacinados contra covid-19

Os não vacinados continuam sendo um peso sobre o sistema público da província canadense.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Uma clínica de aplicação de vacinas contra covid-19 no Canadá (ilustrativa/banco de imagens)

Um dia após a província canadense do Quebec ter anunciado que penalizaria financeiramente residentes que não estão vacinados, o ministro da saúde Christian Dube disse na quarta-feira (12) que consultas para primeiras doses aumentaram nas horas após o comunicado.

Publicidade

O imposto para os não vacinados não seria aplicado àqueles com isenção médica, e nenhum detalhe a mais foi anunciado, embora autoridades terem dito que a quantia a ser imposta seria “relevante “.

O governo do Quebec diz que enquanto cerca de 90% dos residentes elegíveis receberam pelo menos uma dose de vacina contra Covid-19, os não vacinados continuam sendo um peso sobre o sistema público da província.

“Para as pessoas que continuam hesitando ou escolhem não tomar a vacina, elas estão perdendo privilégios para fazer certas coisas, seja tomar um trem ou ônibus, seja viajar para o exterior, seja para conseguir um emprego”, disse o primeiro-ministro canadense Justin Trudeau em uma coletiva de imprensa na quarta-feira, enfatizando que há debate contínuo sobre como melhor incentivar os não vacinados.

Fonte: CNN

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Região Tokai: aumento repentino nas 4 províncias

Publicado em 13 de janeiro de 2022, em Sociedade

Com o repentino aumento em Mie, o governador fez uma declaração própria. Aichi e Gifu pedem reforço nos cuidados para evitar a expansão da infecção.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Região Tokai em laranja (Wikimedia) e SARS-CoV-2 (Pixabay)

Nas quatro províncias da região Tokai a soma de testados positivo na quarta-feira (12) foi de 1.202, com aumento em todas elas. 

Publicidade

Shizuoka: Hamamatsu com maior número

Desde 8 de setembro a província de Shizuoka não tinha um resultado como esse de 203 novos casos. Foram 58 em Hamamatsu, 26 em Shizuoka, 20 em Numazu, 10 em Mishima, 8 em Fuji e em Yaezu, entre outras cidades.

Foi confirmado um cluster em uma escola de Hamamatsu.

Gifu: mais 2 clusters 

Gifu teve 165 novos casos, quase 3 vezes mais do que no dia anterior. Foram 20 na capital, 16 em Ogaki, 14 em Hashima, 11 em Seki, 10 em Kakamigahara, 9 em Minokamo e em Nakatsugawa, 8 em Kani e em Mizunami, além de outras cidades.

Foram confirmados mais 2 clusters em escolas da província.

O governo de Gifu pede que evite sair da província e que as mesas dos restaurantes e bares sejam de até 4 pessoas, por 2 horas no máximo.

Mie: primeira morte de adolescente com Covid-19 e declaração própria

Depois de 125 dias a província de Mie teve 111 testados positivo, sendo 30 em Yokkaichi, 17 em Kuwana, 15 em Tsu, 13 em Suzuka, 6 em Inabe e 5 em Matsusaka e Ise, além de outras cidades.

Uma fábrica, cuja cidade não foi divulgada, teve confirmação de cluster, com 6 pessoas infectadas.

Pela primeira vez um paciente teen, com covid, morreu em Mie. Segundo a informação, tinha comorbidades. 

O governador de Mie, Katsuyuki Ichimi, emitiu declaração própria (感染拡大阻止宣言), de prevenção à expansão da infecção. Solicitou aos cidadãos que até 31 deste mês evitem se deslocar para outras províncias, e que ao saírem para comer fora que seja um grupo de no máximo 4 pessoas por mesa.

Aichi: mais de 200 em Nagoia

Fazia 122 dias que a província de Aichi não tinha um número como esse, de 723 pessoas com resultado positivo para o coronavírus. O maior número foi em Nagoia, de 221. Foram 54 em Okazaki, 53 em Toyota, 41 em Toyohashi, 22 em Ichinomiya, entre outras.

No pico da quinta onda, em 27 de agosto de 2021, foram confirmados 2.339 casos em Aichi. Como o número de pessoas com ômicron vem aumentando, é possível que os casos diários aumentem também. 

Como os colegas governadores de Mie e Gifu, o de Aichi também fez um apelo à população para evitar sair da província, que ao saírem para comer e beber seja em grupos de até 4 pessoas por mesa e pediu o uso rigoroso da máscara. 

Fontes: Tokai TV, Nagoya TV, SATV, News Digest, Gifu Shimbun e Ise Shimbun

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância