Quatro alpinistas envolvidos na avalanche em Shiga, 1 ferido

Ocorreu uma avalanche na montanha quando os alpinistas estavam fazendo escalada. Um grupo socorreu um que estava sozinho e se feriu.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Monte Ibuki (foto de arquivo, de dezembro de 2021, do Kyoto Shimbun)

O Corpo de Bombeiros recebeu uma chamada por volta das 13h para socorrer 4 alpinistas envolvidos em uma avalanche no Monte Ibuki, na cidade de Maibara (Shiga)

Publicidade

A ocorrência foi perto da sexta estação, quando os homens estavam escalando o monte. A avalanche foi de cerca de 50 metros de largura e 100m de comprimento.

Um grupo de 3 resgatou um que estava sozinho e ficaram evacuados em uma cabana a 990 metros de altura. O único ferido teve lesões na cabeça e na parte inferior das costas, mas não corre risco de vida.

Policiais e bombeiros os resgataram no final da tarde, levando-os de volta à cidade e o ferido foi levado ao hospital. 

O Observatório Meteorológico de Hikone (Shiga) emitiu um alerta de avalanche para a cidade de Maibara na manhã do dia 2, o qual estava mantido na terça-feira.  

Fontes: Kyoto Shimbun e NHK

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Tesla é criticada por abrir showroom em região chinesa acusada de genocídio

Publicado em 5 de janeiro de 2022, em Ásia

Elon Musk, presidente da Tesla, é criticado por abrir showroom na cidade de Xinjiang na China.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

O novo centro de vendas e serviços da Tesla abriu em Xinjiang na semana passada (banco de imagens)

A fabricante de veículos elétricos Tesla vem sendo alvo de críticas por abrir um showroom na região de Xinjiang na China, onde autoridades são acusadas de cometer abusos de direitos humanos contra a minoria uigure.

Publicidade

O novo centro de vendas e serviços abriu em Xinjiang na semana passada, de acordo com um anúncio da companhia divulgado no site de mídia social chinês Weibo.

Na segunda-feira (2), Ibrahim Hooper, diretor de comunicações do Conselho sobre Relações Americanas-Islâmicas pediu ao presidente da Tesla, Elon Musk, que fechasse o showroom e “interrompesse o que equivale a suporte econômico para genocídio”.

“Nenhuma corporação americana deveria estar fazendo negócios em uma região que é o ponto focal de uma campanha de genocídio visando uma minoria religiosa e étnica”, disse ele.

Enquanto a China negue qualquer irregularidade, os EUA mantêm que ela comete genocídio na região.

No mês passado, o presidente dos EUA, Joe Biden, assinou um projeto de lei para bloquear importações de Xinjiang a menos que empresas possam provar que os itens foram feitos sem trabalho forçado.

Fonte: The Independent

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Kumon - aprenda japonês e tenha oportunidades