Entrada de estrangeiros no Japão, com novo visto: inscrição online obrigatória

O governo japonês criou um novo sistema para acompanhar a entrada dos estrangeiros, seja para estudar ou trabalhar, valendo também para os nikkeis.

Imagem ilustrativa da Imigração no aeroporto de Narita (Flickr)

Na quinta-feira (24) o MHLW-Ministério da Saúde, Trabalho e Bem-Estar do Japão informou sobre o ERFS-Entrants, Returnees Follow-up System ou Sistema de Acompanhamento dos Entrantes e Retornados, na tradução livre. 

Publicidade

Trata-se de uma página online para ser preenchida obrigatoriamente antes do estrangeiro entrar no país, criando um login, que começa a funcionar a partir das 10h de sexta-feira (25). 

Mas, atenção, pois é para os estrangeiros que desejam entrar no Japão, com novo visto, a partir de 1.º de março, como uma das novas medidas de fronteira, pois passará de 3,5 mil passageiros do exterior para 5 mil diários. 

Fluxo do novo sistema online (divulgação)

Depois de preencher o formulário online, receberá um certificado de recibo, o qual deve ser impresso pois é necessário apresentá-lo para obtenção do visto no consulado japonês

Fluxo do novo sistema, obtenção de visto e entrada no Japão (divulgação)

Depois de obtido o visto no Consulado-Geral do Japão no país de origem, deve baixar o app MySOS, para o monitoramento da saúde e da localização durante a quarentena, por causa da pandemia do coronavírus.

Até sexta-feira de manhã as páginas web de explicação e do formulário a ser preenchido estão somente em japonês. Pode ser que em breve o governo disponibilize em inglês ou outros idiomas. Por enquanto, a recomendação é usar um tradutor online, pedir ajuda de alguém fluente no idioma, ou pedir à empregadora.

Para abrir as respectivas páginas web, toque sobre as linhas em azul.

Fonte: divulgação 

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Mundo se une em solidariedade à Ucrânia e monumentos são iluminados

Publicado em 25 de fevereiro de 2022, em Sociedade

Sessenta pessoas morreram e 169 ficaram feridas horas após Vladimir Putin ter iniciado a invasão da Ucrânia por terra, mar e ar na quinta-feira (24).

Monumentos pelo mundo foram iluminados nas cores da bandeira da Ucrânia em uma demonstração de apoio ao país que está sendo assolado por conflito.

Houve a confirmação de que aproximadamente 60 pessoas morreram e 169 ficaram feridas horas após Vladimir Putin ter iniciado a invasão por terra, mar e ar na quinta-feira (24).

O Portão de Brandemburgo em Berlim, o Coliseu em Roma, a Prefeitura de Paris e o Ministério Dinamarquês de Relações Exteriores também foram cobertos com as cores da Ucrânia.

A frente simbólica unificada ocorreu quando o exército ucraniano perdeu o controle das instalações nucleares de Chernobyl, que fica a cerca de 130 km a norte de Kiev, na Ucrânia, e a aproximadamente 20 km da fronteira sul com a Bielorrússia, e combateu com dezenas de forças russas de outras áreas.

Fonte: Metro UK

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
Life Card - cartão exclusivo para brasileiros